Anúncio com noivas que se beijam gera polémica

O objectivo da Zola era mostrar que os noivos que optam pelo seu serviço de planeamento de casamentos não se arrependem, mas o anúncio “No Regrets” acabou por dar que falar por outro motivo. No filme desenvolvido pela empresa norte-americana, são apresentados três casais e um deles é composto por duas mulheres que – tal como os restantes noivos – se beijam no final da cerimónia.

O beijo, contudo, não foi bem recebido pelo Hallmark Channel, canal de televisão dos Estados Unidos da América, que baniu o anúncio. A polémica instalou-se e, talvez por isso, o canal mudou de ideias entretanto e permite, agora, que o filme seja exibido.

Segundo explica a Associated Press, o Hallmark Channel tinha retirado do ar o anúncio durante o passado fim-de-semana, depois de um grupo apelidado de “One Million Moms” ter pressionado o canal nesse sentido. Acusavam-no de promover a “agenda LGBT”. Depressa surgiram as reacções descontentes, de figuras públicas como Ellen DeGeneres ou Pete Buttigieg (candidato a presidente dos EUA), adianta ainda a Bloomberg.

O Hallmark Channel já pediu desculpa e autorizou a divulgação da campanha. «A equipa da Crown Media [que detém o canal] tem sofrido com esta decisão, uma vez que viu a dor que causou sem intenção», conta Mike Perry, presidente e CEO da Hallmark Cards Inc. «De forma simples, acreditam que foi a decisão errada.»

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...