Anunciantes estão mais cautelosos e investem a curto prazo

A rede global de publishers Rakuten Advertising inquiriu os seus membros sobre o estado actual da relação com os anunciantes e descobriu que a pandemia obrigou a apostar numa abordagem de curto prazo: 70% dos publishers indica que as marcas e negócios estão a trabalhar com um horizonte máximo de um a três meses.

«Estão mais inseguros relativamente à recuperação e estão a planear as campanhas de 2021 de forma conservadora», adianta Anthony Capano, managing director international da Rakuten Advertising.

Segundo o relatório “Road to Recovery”, os sinais parecem ser positivos, ainda assim, para os últimos meses do ano. Entre os publishers inquiridos, 72% indica que os anunciantes se estão a comprometer com projectos pagos para a época festiva e 37% espera que as comissões mantenham os mesmos níveis do ano passado.

Quase metade refere ainda que o tráfego dos seus sites aumentou desde que a pandemia teve início e 44% espera mesmo que os números da quadra natalícia ultrapassem os níveis pré-COVID-19.

De forma a atrair anunciantes, os publishers admitem ter adaptado a sua operação, sendo que 34% optou por oferecer oportunidades adicionais pelo mesmo preço, por exemplo. O mesmo relatório, citado pelo WARC, mostra ainda que, por outro lado, 72% dos publishers não alterou o custo de inserção ou o inventário disponível nos seus sites desde que a pandemia teve início.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...