Albufeira aposta em diversidade para atrair na passagem de ano

O Verão não é o único ponto alto do calendário de Albufeira. Também a passagem de ano se tem vindo a afirmar como um dos principais pilares turísticos desta cidade algarvia, que decidiu estender a celebração aos dias que antecedem e sucedem a contagem decrescente das 12 badaladas. José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira, explica que a organização de eventos como Paderne Medieval ou Festival de Humor Solrir contribui para a diversificação da oferta durante esta época, aumentando também o número de pessoas interessadas em rumar a Sul.

Em entrevista à Marketeer adianta ainda as grandes novidades preparadas para este ano, nomeadamente a aposta num espectáculo que apela aos cinco sentidos. Além de música (a cargo de Amor Electro e The Black Mamba), a noite de passagem de ano ficará marcada por acrobacias aéreas sincronizadas assinadas pela Flying Dragons e por dois aviões da Airborn Pyrotechnics acompanhados de fogo-de-artificio lançado directamente do mar. Albufeira Carpe Nox é o mote escolhido para esta festa, que acolhe, globalmente, cerca de 150 mil pessoas e que conta com produção da Tavolanostra.

A celebração da passagem de ano de Albufeira vai além dos dias 31 de Dezembro e 1 de Janeiro. Porquê? jose carlos rolo-presidente da camara de albufeira_red

Albufeira tem uma grande tradição nesta época do ano. Desde que organizamos as celebrações de rua, que complementam a vasta oferta privada existente, fomos sentindo a necessidade de diversificarmos espaços e conceitos que se pudessem traduzir num conjunto de iniciativas que valorizassem a estadia de quem nos escolhe nesta época do ano. Nesse sentido, apontamos para eventos como o Paderne Medieval ou o Festival de Humor Solrir que preenchem esses requisitos.

Quais são as grandes novidades este ano?

Este ano, a grande aposta é mesmo o espectáculo da noite de fim de ano que habitualmente acontece na Praia dos Pescadores. Quisemos inovar e criar um novo conceito de espectáculo total, aproveitando tudo aquilo que está à nossa volta e envolvendo quem estiver connosco numa experiência multissensorial que seja marcante e coincidente com o significado desta data.

Como foi criado o conceito Albufeira Carpe Nox?

Procurámos alguém que aceitasse o nosso desafio e encontrámos na Tavolanostra um parceiro que compreendeu a necessidade de darmos um passo em frente em matéria de inovação, fugindo ao conceito habitual que está presente na grande maioria deste tipo de eventos. O resto foi trabalho criativo de uma grande equipa que abraçou este desafio e procurou integrar diversas componentes neste evento.

Qual tem sido a evolução em termos de público?

O fim de ano em Albufeira tem em conta o público presente na Praia dos Pescadores, mas não pode ser dissociado das dezenas de ofertas que existem ao nível da hotelaria e restauração. Globalmente, apontamos para as 150 mil pessoas que aqui estão nesta época do ano e uma grande fatia marca presença na Praia dos Pescadores.

De que forma esta aposta na passagem de ano contribui para o destino Albufeira?

Albufeira é um destino com uma forte marca internacional associada à animação que complementa uma imagem de destino turístico de referência em diversos mercados. A realização de grandes eventos acrescenta notoriedade e, claro, permite um retorno económico importante para a economia local fora da época balnear.

Qual é o retorno para a cidade/região?

Como referi, há um retorno mediático muito significativo. Mas há obviamente o retorno económico nesta ápoca do ano, junto do comércio, da hotelaria, da restauração, enfim de toda a economia local que acrescenta uma dinâmica importante na produção de riqueza e emprego em todo o concelho.

Que apoios têm a nível de marcas e patrocínios?

O Programa de Fim de Ano tem o apoio de um conjunto alargado de empresários locais que, através da APAL- Agência de Promoção de Albufeira, assume um importante papel na criação de um conjunto de apoios ao nível financeiro, mas também na logística e alojamento das equipas aqui presentes. Na componente mediática, contamos este ano com a parceria da Rádio Comercial e da TVI, que irão contribuir certamente para alavancar ainda mais tudo aquilo que aqui acontecerá.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...