Agência portuguesa integra projecto europeu de inovação de 1,5 milhões

A Comissão Europeia vai financiar um projecto de apoio a empresas em contexto de Inovação Aberta e há dois nomes portugueses envolvidos. Por um lado, o INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, que irá liderar a iniciativa. Por outro, a Vitamina, agência escolhida para desenvolver a plataforma em que assentará o projecto, bem como os suportes de comunicação: desde branding e website a estratégia de conteúdos, gestão de redes sociais e campanhas.

Designada rede PITCCH, esta iniciativa venceu um concurso europeu ao abrigo do programa INNOSUP do Horizonte 2020. Financiado em 1,5 milhões de euros, ambiciona construir um ecossistema de apoio ao desenvolvimento da capacidade de inovação industrial, com enfoque em eixos como transformação digital, segurança alimentar ou acção climática, entre outros. A meta definida é 2023.

“O principal suporte deste projecto será uma plataforma online”, indica a Vitamina. Segundo a agência, será este o espaço onde multinacionais lançarão desafios tecnológicos e onde será desenvolvida uma colaboração estruturada entre as mesmas e as PME. Os Centros Tecnológicos funcionam como intermediários.

Além do laboratório INL e da agência digital Vitamina, o consórcio do projecto é composto pela TNO (Holanda), RINA (Itália) e S2i (Alemanha).

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...