Ageas Portugal: «A sociedade exigiu que as marcas se transformassem em heróis»

Se é verdade que incerteza tem sido palavra de ordem nas notícias e conversas, também é verdade que resiliência demonstrou ser uma das principais características das empresas e das marcas que nelas vivem. Para perceber melhor o que está a ser feito em Portugal para lidar com a pandemia de COVID-19, a Marketeer quis ouvir quem está à frente de algumas das maiores organizações do País – de áreas como Turismo, Telecomunicações, Farmacêutica, Moda, Restauração, Tecnologia ou Seguros.

A todos foi colocada a mesma questão: o Mundo mudou e as marcas também vão ter de alterar a forma como comunicam e constroem relações de confiança. Que trabalho está a ser feito neste sentido?

 

Steven Breakeveldt, CEO Grupo Ageas Portugal

Mais do que nunca a sociedade exigiu que as marcas, e as empresas no geral, se transformassem em heróis – que adequassem a sua produção, o seu modo de actuação, não só para continuar relevantes, mas para fazerem face às novas necessidades – acima de tudo de protecção. No futuro isto terá de continuar, para com todos os stakeholders. Claro que a juntar a isto é preciso, para o bem da saúde económica, manter o nível de negócio aliado a acções e iniciativas que contribuam para podermos todos passar por esta situação da forma mais serena e responsável possível. E é aqui que as marcas podem continuar a ser relevantes e a ter a confiança dos seus clientes e da sociedade.

No Grupo Ageas Portugal, através das várias marcas (Ageas Seguros, Ageas Pensões, Médis, Ocidental e Seguro Directo), fizemos isto mesmo e assumimos várias prioridades para os nossos Clientes, Colaboradores e para com a Sociedade:

· Informar, esclarecer e prevenir através de uma comunicação clara, nomeadamente através da Médis, que está na linha da frente, a promover a literacia e a apoiar os seus clientes através da Linha de Enfermeiros disponível 24 horas e do Médico Online, através de uma vídeochamada;

· Estar próximos, mesmo estando distantes fisicamente, através dos diversos serviços e canais digitais online;

· Promover o conhecimento responsável daquilo que os nossos clientes podem esperar de nós ao nível de produtos e serviços, como a comparticipação do exame de diagnóstico para os clientes Médis com cobertura de ambulatório, mediante prescrição médica, e da adaptação exclusiva do seguro de vida da Ageas Seguros para os profissionais de saúde;

· Acções de cariz social, através da nossa Fundação Ageas, muito focada em envolver os colaboradores em iniciativas solidárias. Temos toda uma equipa organizada, dedicada e mobilizada e é incrível ver o nível de solidariedade e de cooperação entre todos nestes tempos difíceis.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...