Abraços em tempo de COVID-19? Marca portuguesa quer proximidade em segurança

A Hug é uma marca portuguesa dedicada ao fabrico e comercialização de produtos de higiene e bem-estar sustentáveis. E, tal como o nome indica, dá muito valor ao abraço. Isso mesmo é demonstrado no movimento “Send a Hug”, lançado em plena pandemia para lembrar a importância que um gesto aparentemente tão simples pode ter.

Para fazer parte do movimento, basta visitar a plataforma online da marca, enviar um abraço virtual a alguém de quem se goste muito e, com isso, ficar habilitado a receber uma surpresa da Hug em casa. A ideia é, em simultâneo, promover os produtos desta nova insígnia, dando a conhecer a sua oferta de cosmética, desinfecção, limpeza e segurança – de hidratantes naturais a ambientadores ou detergentes, por exemplo.

Criada em Outubro de 2020, mas a funcionar a todo o gás desde o início deste ano, a Hug surgiu «quase como um murro na mesa contra o afastamento que fomos obrigados a adoptar nesta altura», conta o fundador João Machado. Em entrevista à Marketeer, o responsável explica que a intenção era «criar soluções que permitissem às pessoas voltar a ter a confiança, a segurança, o tempo e a energia para se dedicarem àquilo que realmente importa: viver».

Isto porque, apesar da crise sanitária e novo coronavírus, a Hug gostava que os portugueses não perdessem o contacto e mantivessem a lembrança do toque e dos abraços.

«Depois de realizarmos uma pesquisa, apercebemo-nos de que não havia nenhuma marca dentro deste sector que tivesse uma comunicação próxima com o cliente, que oferecesse soluções adaptadas às nossas diversas rotinas e que quisesse estar presente em todos os momentos do dia-a-dia das pessoas. A partir daí, a Hug começou a ganhar cor», afirma João Machado.

A marca nasce no seio da Higiguima, empresa com mais de 20 anos de experiência na área da limpeza e que garantiu o know-how necessário para esta nova aventura.

João Machado, na Higuiguima desde Setembro do ano passado depois de ter passado pelas agências Legendary People + Ideas e Bastarda, conta como está a ser criar esta nova marca, cujo foco vai para a inovação e para a sustentabilidade.

De que forma é que a Hug se pretende distinguir das restantes marcas no mercado?

Na Hug acreditamos que a vida deve ser vivida ao máximo e, por isso, movemo-nos com o propósito de garantir que os nossos clientes têm tudo ao seu dispor para o fazer. E é graças a esta missão que é fácil de perceber aquilo que nos distingue: a nossa dedicação – aos nossos clientes, aos nossos produtos, ao nosso propósito e à nossa filosofia de trabalho.

Que lançamentos estão previstos?

No que toca a novos lançamentos, iremos ter brevemente uma colecção de produtos de cosmética ecológicos, nomeadamente, sabonetes, géis de banho e champôs. Estamos também a preparar outros desenvolvimentos que pretendemos anunciar em breve.

Pensam alargar a outras categorias de produto ou áreas de negócio?

No que toca a outras categorias de produto, temos uma equipa de engenheiros químicos a trabalhar diariamente no sentido de desenvolver as melhores fórmulas que nos permitam oferecer aos nossos clientes cada vez mais produtos que contribuam para o seu bem-estar, sempre com a qualidade certificada que nos é atribuída. Nesse sentido, poderemos alargar para outras categorias de produtos sempre que estes nos ajudem a cumprir este propósito.

Quanto a áreas de negócio, estamos neste momento a desenvolver uma plataforma digital que nos irá permitir trabalhar com clientes profissionais, nomeadamente restaurantes, clínicas, alojamentos locais, entre outros, oferecendo-lhes um serviço personalizado e um atendimento próximo, capaz de proporcionar a melhor experiência de compra e suporte no pós compra.

Neste momento, onde é possível encontrar os produtos da Hug?

De momento poderão encontrar todos os produtos da Hug em www.hugexperience.com e muito brevemente em vários pontos de venda ao público, tais como farmácias e retalhistas, entre outros.

Além da campanha lançada agora, qual é a estratégia de comunicação da marca?

A estratégia de comunicação da Hug será sempre aclamar a sua missão, “Existimos para que viva a vida ao máximo”, fazendo-o em sintonia com os nossos valores: confiança, foco no cliente e sustentabilidade. Para isto, vamos estar presente em vários canais, sendo que é no universo digital que pretendemos deixar a maior parte da nossa pegada e criar uma relação de longo prazo com os nossos clientes.

Quem é o cliente-tipo da Hug?

O cliente-tipo da Hug, os Huggers, são pessoas que cuidam e se preocupam com o seu bem-estar, mas também com o dos outros e do meio ambiente. Valorizam as experiências, as relações e os pequenos momentos. E, por serem pessoas que querem viver a vida ao máximo, sentem a necessidade de garantir o seu conforto e segurança para encarar o dia-a-dia com mais confiança.

Quais são as principais dificuldades que estão a sentir neste momento, em tempo de pandemia?

Sem dúvida que a incerteza é a nossa maior dificuldade de momento. Esta pandemia trouxe-nos uma nova realidade em que não podemos tomar nada como certo e fazer planos a longo prazo é algo impensável. Mas, já por isso, preparámos tanto a nossa estrutura como equipa no sentido de ser volátil e estarmos preparados para qualquer alteração de última hora ou imprevistos.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...