«A taxa de conversão aumentou significativamente», diz administrador da Mundicenter

Os centros comerciais da região de Lisboa reabriram por completo esta segunda-feira, algumas semanas depois do resto do País. Fernando Oliveira, administrador da Mundicenter, conta que se nota já uma mudança nos visitantes: já não vão para passear, mas sim para tratar efectivamente de alguma compra de que necessitem.

«É uma das grandes mudanças. Claramente as pessoas não vêm passear – o que não quer dizer que não apareça uma ou outra que venha ver as montras. A maioria vem para comprar», adianta o responsável da empresa que gere centros como o Amoreiras Shopping Center ou Oeiras Parque. «A taxa de conversão aumentou significativamente», refere Fernando Oliveira, assinalando que contrasta com o tráfego, que ainda revela quebras acentuadas.

Em conversa com M.ª João Vieira Pinto, directora de redacção da revista Marketeer, o administrador da Mundicenter ressalva, ainda assim, que nada que se pareça com aquilo que acontecia antes do passado dia 15.

«As perdas não vão ser compensadas no curto prazo», sublinha o responsável. «Vamos demorar algum tempo a recuperar vendas e não sabemos ainda quando porque a evolução é incerta. Temos esperança de que a confiança seja restaurada, mas vai demorar ainda algum tempo. E também dependerá de sector para sector», conta Fernando Oliveira. A restauração, por exemplo, é dos mais afectados.

Acompanhe a conversa na íntegra no vídeo em baixo e conheça os argumentos de Fernando Oliveira para classificar os centros comerciais como um dos locais mais seguros neste momento:

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...