A performance da empresa como uma das dimensões da reputação.

Conseguir que uma empresa se destaque no mercado não é uma tarefa fácil. Oferecer um bom produto e um serviço de qualidade já não é suficiente para garantir as vendas. A própria concorrência acentua a necessidade das empresas se destacarem, entre si, o que só é possível se tiverem uma boa reputação e uma gestão inspiradora e credível.

Mas o que é a reputação? Apesar de ser um conceito essencial a uma empresa de sucesso, nem sempre é fácil de materializar. Centra-se na análise de sete dimensões que devem ser conjugas entre si: produtos e serviços; ambiente de trabalho; cidadania; liderança; inovação; conduta e performance da empresa.

É precisamente uma boa performance da empresa que garante a sua sustentabilidade financeira, que se traduz no reflexo das boas práticas da equipa de gestão e é resultado do elevado compromisso e profissionalismo e da motivação dos seus colaboradores e da qualidade e fator de inovação dos serviços e produtos.

Só estes valores conjugados conseguem fazer emergir empresas com boa reputação e avaliadas positivamente pelos seus clientes que chancelam os seus produtos, pela concorrência que segue o seu trajeto e pelo escrutínio da opinião pública, que a reconhece como uma referência. Estas são as empresas que se destacam e que têm futuro: um fator essencial à sobrevivência das empresas.

A ideia de futuro é essencial. É imprescindível para os clientes, que têm a perceção de que a empresa é estável e que tem condições de assegurar a continuidade dos seus negócios, sendo absolutamente decisiva para a decisão de compra, e para os colaboradores, que vêm numa empresa com futuro a continuidade do seu vínculo laboral e a confiança para o desenvolvimento das suas carreiras nessa empresa.

A afirmação da sustentabilidade financeira da empresa, e do rigor da gestão que lhe está associada, é um dos principais valores que as empresas que têm futuro procuram comunicar, o que as diferencia da sua concorrência e marca uma posição relevante junto dos seus clientes e colaboradores.

Cabe às empresas garantir a sua sustentabilidade financeira e as boas práticas de gestão e procurar certificar a boa performance da sua empresa. Desta forma, esta irá destacar-se no mercado, obter o reconhecimento dos seus públicos e seguir o seu caminho mais forte e mais confiante.

Carlos Gouveia

CEO da SCORING

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...