91% dos jovens portugueses formam opinião de compra na Internet

jovens2Ainda que Portugal seja um dos países da Europa com menor taxa de penetração da Internet (48% contra uma média de 68%), são os consumidores portugueses com menos de 30 anos os que utilizam com maior frequência os sites de comparação de preços, respondendo por uma percentagem de 67% contra a média europeia de 55%. A conclusão é do Observador Cetelem 2011, que realça ainda que a utilização de fóruns, blogues e redes sociais em Portugal é uma das fontes menos influentes no processo de decisão de compra, sendo utilizada por 12,1% dos jovens face a 17,9% na Europa.

O Observador destaca que é o target jovem aquele que vê a internet como meio de acesso a uma informação mais neutra e de automatização da escolha dos produtos antes da aquisição, assumindo-se a web como uma ferramenta com o poder de formar opinião ao longo do processo de compra. De facto, é de apenas 9% a percentagem de jovens no País que não recorre à Web para efectuar pesquisas aquando de uma compra importante. No caso dos indivíduos com mais de 50 anos, é de 14% a percentagem dos que também não têm este hábito.

As análises e previsões do Observador Cetelem foram efectuadas em Dezembro de 2010, em colaboração com o gabinete de estudos e de consultadoria BIPE. Envolvidos na investigação estiveram 13 países, tendo sido no total inquiridos mais de 8.700 europeus, com amostras de pelo menos 500 indivíduos por país.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...