8 razões para apostar no Snapchat

O Snapchat deve ou não fazer parte da estratégia de Marketing das marcas e negócios? O site ClickZ acredita que a resposta deve ser afirmativa e que esta rede social não pode ser ignorada, apesar de ter vindo a ser copiada pelo Facebook e Instagram. Eis oito razões para apostar no Snapchat:

1 – Alcançar audiências mais jovens. O Snapchat é uma plataforma utilizada tipicamente por Millennials (um relatório de 2015 da ComScore apontava para uma taxa de 71% de utilizadores entre os 18 e os 34 anos). A sua natureza efémera poderá ser um dos grandes atractivos para o público mais jovem, fazendo com que esta seja plataforma chave para entender o comportamento destes consumidores;

2 – Testar conteúdos efémeros. A efemeridade é também uma razão para as marcas apostarem no Snapchat, já que lhes oferece a possibilidade de partilhar conteúdos com um prazo de validade muito curto. De acordo com o ClickZ, as marcas que conseguirem ser bem-sucedidas na publicação de imagens e vídeos efémeros, têm mais probabilidades de criar uma relação duradoura com os utilizadores;

3 – Explorar vídeos verticais. Além dos conteúdos efémeros, também os vídeos verticais tornaram o Snapchat popular. Para os anunciantes, este formato de vídeo permitiu alcançar taxas de conclusão nove vezes superiores às dos vídeos horizontais. A verticalidade é mais confortável para os utilizadores, mais natural;

4 – Misturar divertimento com comércio electrónico. Marcas baseadas em comércio electrónico encontram no Snapchat uma plataforma com potencial. Ferramentas como o SnapCash e a introdução de links nas stories facilitam a venda de produtos através desta rede social;

5 – Descobrir novas oportunidades em marketing de localização. O recém-lançado Snap Map é outra das razões apontadas para incluir o Snapchat. Esta funcionalidade permite aos anunciantes explorar o marketing com base na localização dos utilizadores;

6 – Pensar fora da caixa. O ClickZ considera que parte da popularidade do Snapchat pode ser atribuída às suas ferramentas inovadoras. Por isso mesmo, as marcas que decidirem juntar-se ao Snapchat têm de ter o mesmo tipo de comportamento, pelo que esta é uma boa plataforma para anunciantes que gostam de pensar fora da caixa;

7 – Tirar partido da plataforma de publicidade. No início, o Snapchat não considerava sequer a hipótese de permitir publicidade na sua plataforma, mas hoje o cenário é bastante diferente. Existe até uma área self-service de publicidade e gestão de anúncios com acesso a métricas e dados sobre as audiências;

8 – O futuro do Snapchat. Apesar de ser continuamente copiado pelos seus rivais, o Snapchat tem mostrado estar à altura do desafio, mantendo a sua posição enquanto ditador de tendências. O Snap Map e os Spectacles são exemplos disso.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...