7 Erros de Marketing Digital a Evitar em 2022

Por Marco Gouveia, consultor e formador de Marketing Digital, CEO da Escola Marketing Digital e da Influenza

Ano novo, novos objectivos e planos, certo? Mas permanecerá tudo igual se continuar a cometer os mesmos erros do passado. Para que não o faça, partilho os erros de Marketing Digital que vejo com frequência serem cometidos.

1. Não medir resultados

Quando se trata do desempenho de uma estratégia de marketing digital, confie nos números. Se estes não estiverem claros, algo está mal. As plataformas de análise de sites, como o Google Analytics, e as estatísticas disponibilizadas pelas redes sociais tornam mais fácil avaliar o desempenho de cada acção, guiando-nos pelo caminho certo. Seja o assunto dos e-mails marketings, testes A/B numa landing page, conteúdo nas redes sociais ou palavras-chave usadas nos anúncios, cada passo que damos pode e deve ser mensurável. Assim, é essencial ter tudo a medir e estar atento às métricas, interpretando os dados a que hoje em dia temos acesso e optimizando as estratégias de acordo com essa informação.

2. Não apostar no formato vídeo

O vídeo já provou o seu valor em 3 níveis diferentes: tráfego, engagement e conversão. De acordo com a Hubspot, os anúncios em vídeo recebem 20% mais cliques do que as imagens, gerando mais tráfego. Adicionalmente, os espectadores permanecem 5 vezes mais tempo a assistirem a vídeos do que ao olharem para imagens estáticas. Por fim, para completar o trio, adicionar vídeos às páginas de destino aumenta as conversões em 86%. Também a Wysowl corrobora estes números, declarando que 84% dos consumidores foram convencidos a comprar um produto após assistirem a um vídeo e a probabilidade de os partilharem é duas vezes superior comparativamente a outros formatos de conteúdo.

3. Não dar a devida atenção à produção de conteúdo

A produção de conteúdo é uma óptima estratégia para alcançar mais pessoas, atrair potenciais clientes e gerar leads qualificadas, guindo-as através do funil de vendas. Limitar-se a fazer publicações a promover produtos e/ou serviços e partilhar conteúdo de valor com pouca frequência é um dos erros mais comuns dos negócios. Se não investe na produção de conteúdo com uma certa regularidade, é provável que esteja a perder muitas oportunidades de negócio. Conteúdo relevante alimenta o seu perfil nas redes sociais, posiciona a marca nos motores de pesquisa e ajuda a empresa a tornar-se uma autoridade no mercado. Considere a produção de conteúdo uma prioridade para este ano e daqui a uns meses colherá os resultados.

4. Não apostar em anúncios

Perder potenciais clientes porque não se anuncia de acordo com as palavras-chave mais adequadas para o seu negócio é desperdiçar oportunidades. Por exemplo, em tempo de preenchimento do IRS, as pesquisas por contabilistas aumentam – e durante o ano são inúmeras as ocasiões a que os negócios de todo o tipo devem estar atentos. Seja em campanhas no Google Ads, YouTube, Facebook & Instagram Ads ou LinkedIn Ads, investir em campanhas aumenta o seu alcance e conversões. Além disso, outra vantagem deste tipo de anúncios é a segmentação precisa, que possibilita investir apenas em audiências qualificadas, ou seja, com interesse no produto ou serviço em questão, eliminando custos desnecessários.

5. Não ter um website ou não o ter devidamente optimizado para SEO

Por mais que as redes sociais sejam uma tendência, um website é essencial para qualquer tipo de negócio. Um website próprio é o canal mais credível para os consumidores obterem informações sobre a marca, os valores que a regem, os produtos que tem, onde são comercializados, como os usar e muito mais. Permite alcançar a parcela do público que não possui contas em redes sociais e impactar pessoas que estão activamente à procura pela sua marca ou produtos que comercializa. Para chegar a estas pessoas, as páginas do seu website devem estar optimizadas para os motores de pesquisa (SEO). Caso contrário, não alcançará os primeiros resultados do Google (que recebem mais cliques e, consequentemente, mais tráfego).

6. Não fazer um planeamento integrado

A afirmação pode parecer óbvia para quem trabalha nesta área, mas não tão óbvia para empreendedores e proprietários de pequenos negócios que iniciaram recentemente a sua jornada no Marketing Digital e estão a descobrir aos poucos as estratégias que podem alavancar os resultados dos seus negócios. O planeamento deve ser a base de tudo. Sem ele, as consequências podem ser bastante desastrosas: perda de capital; transmissão de mensagens equivocadas ao público-alvo; investimento em acções com baixo retorno do investimento; etc.

7. Achar que sabe tudo e não testar novas estratégias

Pode até saber tudo sobre o seu negócio – disso ninguém tem dúvidas -, no entanto, é bastante improvável que saiba todas as estratégias e acções de marketing digital que resultam ou não resultam para ele. Não deixe que os seus instintos decidam o caminho, por muito bons que sejam. Permita-se testar mesmo as estratégias que lhe parecem mais mirabolantes, quem sabe se não é surpreendido(a)? Se lhe é mesmo muito difícil dar esse passo incerto, recorra a quem é especializado no assunto – contratando uma pessoa qualificada para a sua equipa ou recorrendo a uma empresa de consultoria de Marketing Digital, com profissionais especializados e com experiência na área, acesso às melhores ferramentas, pesquisas e tendências de mercado para o guiar no caminho certo.

Tire partido dos erros do passado e da experiência de quem sabe para fazer mais e melhor para o seu negócio/empresa este ano. Trace objectivos claros, concretos, e comece já a delinear o plano para os atingir!

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.