7 empresas portuguesas entre as melhores na sustentabilidade

Há empresas portuguesas na linha da frente do combate às alterações climáticas, de acordo com o CDP – Disclosure Insight Action. Todos os anos, o CDP elabora uma lista com as empresas, a nível mundial, que mais se destacam em termos de transparência e desempenho ambiental.

A lista mais recente, referente a 2019, conta com mais de 200 companhias que têm trabalhado para construir uma economia mais sustentável, tanto para as populações como para o planeta. Deste total, fazem parte sete empresas portuguesas, sendo que a EDP foi a que obteve o melhor resultado. A energética liderada por António Mexia conquistou o nível A (o mais elevado) na categoria de Segurança da Água. Foi-lhe atribuído ainda o nível A- na área de Alterações Climáticas.

A Jerónimo Martins é outra das companhias em destaque, somando um total de cinco distinções A-, quatro delas na categoria de Florestas e uma na de Alterações Climáticas. A dona do Pingo Doce afirma ser a única retalhista alimentar mundial classificada com A- em todas as commodities de risco no campo da desflorestação: óleo de palma, soja, madeira e gado bovino.

As restantes empresas portuguesas destacam-se todas na categoria de Alterações Climáticas: Caixa Geral de Depósitos, CTT, Semapa, Sonae e The Navigator Company conquistaram A-.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...