6 ideias para vender mais na Páscoa (sem ser ovos de chocolate)

Por Marco Gouveia, consultor e formador de Marketing Digital, head of Digital Marketing no Pestana Hotel Group e Google Regional trainer

O desconfinamento está aí à porta, mas os hábitos digitais criados durante o último ano não dão sinais de abrandar. O digital continua a ter um papel central nos negócios e, nesta altura, apesar da fé de que volte tudo, finalmente, à normalidade, o esforço para singrar online não pode declinar. A propósito, e para aproveitar a data festiva que se aproxima, apresento-lhe seis ideias para aumentar as suas vendas online durante a Páscoa.

A primeira pode parecer bastante óbvia, porém, pessoas cujos negócios não se alinham facilmente com a temática pascoal acabam por a menosprezar: uma campanha dedicada especialmente à Páscoa. Esta é uma estratégia relativamente simples que acaba por promover a empatia e participação dos consumidores (devido ao espírito solidário e de paz da época), além de, possivelmente, atrair novos clientes. Abuse da inserção de símbolos e elementos típicos da Páscoa nos seus materiais de divulgação da campanha (seja para email marketing, redes sociais, landing pages, etc.), para que o consumidor assimile facilmente a relação entre a mesma e a data festiva. Pode relacionar, de alguma forma, a sua oferta com o feriado de Páscoa, passando pelos temas comuns, ou optar por uma abordagem mais divertida, como um dia desportivo para fazer uma espécie de detox após este período de excessos. Os restaurantes podem preocupar-se em criar um menu especial de Páscoa, por exemplo, atendendo aos costumes das famílias portuguesas e oferecendo, igualmente, uma opção vegetariana.

A segunda ideia passa por oferecer brindes ou “mimos” que remetam à Páscoa, junto com a compra do cliente. Faça um cálculo ponderando o valor médio gasto pelos clientes na sua loja e avalie a possibilidade de oferecer brindes durante o período que antecede a Páscoa. Vouchers, descontos e promoções exclusivas são, obviamente, uma boa aposta, ainda que um pouco vulgar, sendo algo que qualquer empresa, independente do segmento e da época, pode fazer. Ao adicionar alguns elementos temáticos, como amêndoas, ovos de chocolate, coelhinhos da Páscoa ou outros brindes personalizados para quem fizer compras acima de uma certa quantia, será mais fácil os consumidores relacionarem o produto à data e sentirem mais vontade de comprar. Certamente chamará mais a atenção das pessoas para a campanha, ao mesmo tempo que entra no clima de Páscoa. Aposte também em entregas ao domicílio e portes grátis, que se constituem como opções extremamente valorizadas actualmente e são mais uma oportunidade para surpreender o consumidor (sendo um “coelhinho da Páscoa” a fazer a entrega, em vez de um simples estafeta, por exemplo).

Já a terceira ideia assenta no reforço da presença nas redes sociais, através de concursos e sorteios, por exemplo. Jogos como uma “caça ao ovo”, onde os utilizadores têm de encontrar os produtos espalhados pelo website, passatempos, caixinhas de perguntas, conteúdo que promova a curiosidade e a interacção no geral podem incitar, em grande parte, o público à compra. Interagir em tempo real nas redes sociais é uma óptima forma de lembrar o seu público-alvo da sua existência e chamar a atenção para o facto de o seu negócio estar alinhado com a época festiva. Não sabe o que sortear? Muitas pessoas aproveitam o feriado para viajar e descansar, pelo que as viagens ou pacotes especiais para relaxar em família costumam ser muito bem recebidas. Pode também aproveitar para sortear ou presentear os vencedores do concurso com vales de compras para a sua loja ou elementos típicos da época, como cestas de chocolates. Este género de iniciativas é uma excelente forma de aumentar o número de seguidores, elevar a notoriedade da marca e aproximar-se dos seus potenciais clientes. Com estes três factores assegurados, a probabilidade de aumentar as vendas é mais alta.

Apesar de ser comemorada no domingo, a Páscoa é antecedida pelo feriado da Sexta-feira Santa, o que significa que muitas pessoas terão direito a três dias para descansar. Posto isto, a quarta ideia que lhe dou é a de explorar os três dias do feriado interligando-os ao sentimento de tranquilidade. Ofereça dicas, recomendações, promoções, que ajudem os seus clientes a relaxarem no fim-de-semana prolongado e/ou a aproveitarem-no em família (conforme o seu público-alvo). Ofereça uma massagem relaxante, uma receita deliciosa para fazer em família, recomende um livro específico para ler durante estes dias de descanso, entre outros. É possível fazer uso desta ideia de tranquilidade em muitos segmentos de mercado, sendo esta a altura ideal para a aproveitar.

Utilize o email marketing para enviar mensagens de Páscoa personalizadas e fazer as pessoas lembrarem-se da sua marca. Caso o orçamento para a campanha de Páscoa seja reduzido, nada melhor do que enviar mensagens de texto conjugadas com um template atractivo, via email, para os seus clientes. Não exige grandes custos monetários ou tempo dispensado, pois não precisa, sequer, de pensar muito para desenvolver produtos ou serviços especiais de Páscoa, basta que adapte o que a sua marca já oferece numa campanha especial de Páscoa. Arrisque em mensagens criativas e que façam alusão à data, como um assunto de email divertido do estilo “Abra o ovo e descubra seu desconto”.

Parece simplista, mas faz a diferença no que toca a atrair a atenção e fomentar a curiosidade dos utilizadores, encorajando-os a clicar e abrir o email.

Para algumas pessoas, esta é uma altura de reflexão e de renovação, pelo que a sexta ideia é exactamente construir uma narrativa nesta linha para o seu negócio, não só para a sua comunicação externa, como para a interna, esta última muitas vezes descurada pelas empresas. Esteja atento às necessidades e desejos dos seus clientes e colaboradores, peça feedback e tome algumas medidas de optimização em conformidade com as mensagens que lhe chegaram. Desta forma, faz os colaboradores aproximarem-se do propósito da marca para a qual trabalham (como se costuma dizer, “vestirem a camisola”) e os clientes notarem a reinvenção da mesma. Campanhas de acção social, salientando as mensagens subjacentes à Páscoa (como a união), são também muito bem-vindas.

Por último, tenha em atenção o seguinte: não prometa aos seus clientes a galinha dos ovos de ouro se não tiver capacidade para cumprir a promessa. As pessoas costumam contentar-se com simples ovos de chocolate, quando são de qualidade, produzidos com carinho e pensados especialmente para elas.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...