5 regras para ser como a Uber

Com uma avaliação de mercado na ordem dos 68 mil milhões de dólares (61,3 mil milhões de euros), a Uber é uma das empresas mais bem-sucedidas do mundo, tendo até apresentado um crescimento mais rápido do que o Facebook. Entre as características que possibilitaram este estatuto está a viralidade da marca que, por bons ou maus motivos, é conhecida em praticamente todos os pontos do globo.

Um estudo elaborado pela Fabernovel indica três situações em que o mundo virou à direita e que a Uber virou à esquerda, permitindo que se transformasse no fenómeno que é. Em primeiro lugar, quando a economia digital acreditava que o mundo online era o futuro, a Uber viu uma oportunidade num mercado tangível – o sector dos transportes. Segundo, a Uber foi capaz de oferecer o mesmo tipo de serviços nos vários países em que opera mas soube adaptar-se às diferentes culturas e apresentar soluções adaptadas. Por último, não restringiu o negócio ao transporte de passageiros: iniciativas como o #UberIceCream, que volta a Portugal na próxima sexta-feira, mostram tipo de parcerias que a tecnológica tem desenvolvido.

A Fabernovel revela ainda as cinco regras que levaram a Uber a crescer, e que poderão ser aplicados a outras ideias de negócio:

1 – Sintetizar. A Uber juntou na mesma solução um serviço de confiança a um preço reduzido e uma excelente experiência de utilizador, segundo a consultora. Ao resumir tudo a uma única plataforma, a tecnológica poupa em recursos, especialmente humanos;

2 – Plantar o germe. Para garantir que a plataforma tem sucesso nas novas cidades a que chega, a Uber começa por incubar o negócio e procurar uma equipa que se revele preparada para o lançamento da aplicação no prazo de dois meses. A empresa não poupa no investimento para criar oferta e procura em tempo recorde. Tudo tem de fluir rapidamente mas é preciso estar preparado;

3 – Tornar-se contagioso. 95% dos motoristas da Uber tomaram conhecimento da plataforma através de outros motoristas, o que significa que a natureza viral da Uber é essencial para assegurar a vitalidade do negócio;

4 – Inovar com rapidez. Parar é morrer, lá diz a sabedoria popular e a Uber concorda. O número de serviços e modalidades oferecidas pela Uber é cada vez maior e até já tem opções de transporte colectivo, boleias e outros veículos que não automóveis;

5 – Defender. É preciso ter em conta o que as marcas concorrentes estão a preparar e delinear uma estratégia de defesa. Não ignorar os rivais é uma das regras de ouro.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...