21 artistas invadem teatros municipais para apoiar profissionais do sector da cultura

Clã, Carolina Deslandes, Tiago Bettencourt, Samuel Úria, Ana Moura ou Salvador Sobral são alguns dos artistas chamados a participar no festival Regresso ao Futuro. Marcado para 20 de Junho, contará com 21 artistas espalhados por cidades de Norte a Sul de Portugal, sendo que a ideia é angariar fundos para apoiar os profissionais do sector mais afectados pela pandemia de COVID-19.

Os bilhetes podem ser comprados já a partir da próxima terça-feira, dia 9, nos locais habituais e nas bilheteiras dos teatros municipais onde os concertos terão lugar. Independentemente da sala ou do artista, o bilhete custa 10 euros e toda a receita terá como destino o Fundo de Solidariedade para a Cultura, criado pela Audiogest (associação que representa produtores musicais) e a GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas).

Nesse sentido, também será promovida uma recolha de alimentos não perecíveis, que poderão ser entregues nos teatros. A União Audiovisual encarregar-se-á depois de distribuir os artigos pelos profissionais dos sectores das artes em situação de maior vulnerabilidade.

“Regresso ao Futuro reafirma a vocação decisiva dos Teatros Municipais para a sustentabilidade da cultura em Portugal, a sua importante contribuição para a circulação artística, agindo como um catalisador de esperança, resiliência e confiança para o público, sempre dentro das regras sanitárias em vigor”, explica a Sons em Trânsito, responsável pela organização.

Consulte o cartaz completo em baixo:

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...