170 scooters partilhadas circulam por Lisboa

O serviço eCooltra Scootersharing já arrancou oficialmente em Lisboa, vindo directamente de Barcelona. Os habitantes da capital portuguesa podem alugar uma scooter eléctrica para circular pela cidade, tornando-se proprietários temporários do veículo durante o período de utilização.

Após levantar a scooter, o utilizador pode deixá-la onde quiser. A aplicação do eCooltra Scootersharing recorre a geolocalização para encontrar o veículo e indicar aos restantes utilizadores onde se encontram todas as scooters disponíveis. Em Lisboa, são 170 mas já há planos para ampliar a frota no próximo ano.

Através da app, o utilizador pode escolher a scooter mais próxima e efectuar a reserva. A partir deste momento, tem 15 minutos para chegar à scooter e iniciar a viagem ou, então, cancelar o pedido sem nenhum custo adicional. Para arrancar, basta desbloquear o assento e levantar o capacete, utilizando a aplicação móvel para ligar o veículo.

A tarifa em vigor é de 24 cêntimos por minutos, sendo que o valor é debitado directamente no cartão de crédito associado no registo. A solução tecnológica utilizada em Portugal foi desenvolvida em parceria com a CEiiA.

Timo Buetefisch, CEO da Cooltra, considera que Lisboa é «uma das cidades mais vibrantes da Europa, pelo que esta complementaridade na resposta aos transportes públicos e partilhados encaixa totalmente» no target da empresa. A implementação do serviço na cidade envolveu um investimento de 750 mil euros.

É expectável que o novo serviço de partilha de scooters alcance mais de 25 mil utilizadores em Lisboa e gere uma poupança de 70 toneladas de emissão de CO2 só este ano. A par de Lisboa, também Roma e Madrid fazem parte do plano de expansão do eCooltra Scootersharing.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...