Vão as sopas conquistar o mercado das cápsulas de café?

Até há muito pouco tempo serviam apenas para tirar cafés em casa semelhantes aos do canal Horeca. Mas, hoje, as máquinas de café com tecnologia de alta pressão já são usadas para preparar bebidas quentes e frias, como sopas ou produtos funcionais.

Texto de Maria João Lima

Há muito que já deixou de ser um pequeno electrodoméstico disponível apenas em algumas franjas dos lares portugueses. A mais recente vaga global do estudo TGI da Marktest (Setembro de 2021) contabiliza 7 milhões e 192 mil indivíduos que referem possuir máquina de café em casa. Este número corresponde a 84% do universo de residentes no continente com 15 e mais anos. As máquinas de café expresso com sistema de cápsulas são as mais comuns: estão presentes em 67,1% dos lares portugueses. A mesma análise indica que apenas 32,3% das casas tinha máquinas de café expresso com cápsulas em 2011, verificando-se, por isso, um aumento significativo até chegar aos 67,1% de agora. Ou seja, ao longo de uma década, a penetração deste equipamento duplicou a nível nacional.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Maio de 2022 da revista Marketeer.



Artigos relacionados
Comentários
A carregar...