Lime investe 50 milhões em bicicletas eléctricas com suporte para o telemóvel

A Lime está a trabalhar num novo modelo de bicicletas eléctricas (e-bikes) com força adicional para enfrentar subidas mais difíceis, suporte para o telemóvel e baterias amovíveis que são compatíveis com as trotinetes da marca. Além disso, a Lime pretende expandir o serviço das e-bikes para 25 novas cidades este ano, focando-se especialmente na Europa e América do Norte.

Este plano envolve um investimento de 50 milhões de dólares e, segundo a marca, as novas bicicletas deverão começar a aparecer nas ruas já no Verão. Wayne Ting, CEO of Lime, acredita que as e-bikes são uma peça essencial na construção de uma plataforma que ofereça aos cidadãos todas as formas de mobilidade necessárias para viagens de menos de oito quilómetros.

«É por isso que estamos a fazer investimentos substanciais para melhorar as nossas e-bikes e para levá-las a mais cidades em todo o globo, dando aos condutores uma nova forma e mais entusiasmante de deixar o carro para trás», comenta o CEO numa publicação partilhada no blog da Lime. O responsável sublinha que a micromobilidade está a desempenhar um papel essencial no regresso às ruas em segurança em muitas cidades, pelo que é a altura certa para investir.

Sobre o investimento de 50 milhões de dólares, a Lime indica que é possível graças aos primeiros resultados financeiros positivos da empresa. Em 2020, a Lima conseguiu o seu primeiro trimestre lucrativo.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...