IPG Mediabrands apresenta os 10 princípios de responsabilidade das marcas

A IPG Mediabrands acredita que está na hora de responsabilizar as marcas. Por isso mesmo, criou uma espécie de 10 mandamentos para a comunicação, que devem servir como linhas orientadoras para qualquer acção que envolva uma audiência. «Não é suficiente que a segurança da marca seja sobre proteger a marca – tem de existir também um compromisso em proteger as comunidades que a marca serve», explica Daryl Lee, global CEO da rede que detém agências como Initative, UM ou Reprise.

Citado pela Adweek, o responsável explica que os 10 princípios foram criados em resposta ao movimento Black Lives Matter e à crescente atenção das marcas à «importância de fazer com que o discurso de ódio ou apelo à violência em media seja inaceitável». Num memorando interno para a IPG Mediabrands, Daryl Lee menciona ainda as recentes notícias sobre o Facebook.

Nascem, assim, os 10 Media Responsibility Principles:

1 – Promover o respeito

2 – Proteger as pessoas

3 – Diversidade e representatividade

4 – Recolha e utilização de dados

5 – Bem-estar das crianças

6 – Não ao discurso de ódio

7 – Não à desinformação

8 – Implementar as políticas

9 – Transparência publicitária

10 – Responsabilização

A rede de agências está já a trabalhar com o seus clientes de modo a adaptar estes princípios às políticas que cada um deles já tem. Joshua Lowcock, Chief Digital Officer da UM, explica à Adweek que vive-se um momento reactivo e que a intenção da IPG Mediabrands é transformar este momento numa conversa continuada e proactiva.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...