Fazer da Antarte uma marca global

Mobiliário de escritório ou de exterior são apenas alguns dos projectos que a Antarte apresenta agora ao mercado, para se afirmar como marca global no seu sector. E ser referência em Portugal.

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Foto de Egídio Santos

Até poderá haver quem ainda não associe Antarte a marca portuguesa. Mas dificilmente isso continuará a acontecer depois de 2021. Pelo menos, no ano em que celebra o seu 20.º aniversário, é esse o sonho do seu CEO, Mário Rocha. E, para isso, tem não apenas um mas, antes, uma mão-cheia de projectos. A saber, e só nos próximos tempos, está agendada a abertura de mais seis lojas que se vêm juntar às 10 já existentes no mercado português – está também presente em vários mercados do continente africano e em cidades europeias como Paris ou Genebra –, assim como arranca com nova unidade industrial na área do estofo, que permitirá reforçar a capacidade de produção e, claro, a facturação final. Pelo meio, e para se afirmar como verdadeira marca global no sector, lança já este mês a sua primeira linha de mobiliário de escritório e uma segunda de exterior.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Abril de 2021 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...