E se a IKEA não enviasse as instruções de montagem?

Dois estudantes portugueses criaram uma campanha fictícia para a IKEA que propõe a criação de puzzles gigantes para entreter os clientes da marca durante a quarentena. A ideia é simples: e se a IKEA não enviasse as instruções de montagem das estantes, secretárias ou sofás que continuam a poder ser comprados online?

Sem instruções, os clientes teriam de partir à aventura e encontrar a resposta para o puzzle que um móvel IKEA pode revelar ser. Segundo Simão Barreto (estudante na Miami Ad School Hamburgo) e Carlota Real (estudante na ESCS em Lisboa), a campanha fictícia «surgiu de forma  espontânea nesta altura em que todos estamos fechados em casa».

Desenvolvido à distância, o projecto de âmbito digital tinha como ponto de partida a criação de um desafio para quem já não sabe o que há-de fazer em casa. Sob o mote “Piece Together”, a campanha convida as pessoas em isolamento social a usarem a criatividade e a pensarem fora da caixa para conseguirem resolver o puzzle sem ajudas.

«Acabamos por ser um exemplo de que, mesmo separados fisicamente, podemos continuar a trabalhar e a ser criativos. Nesta altura, parar é o pior – temos de continuar a exercitar o nosso ‘músculo criativo’», adiantam ainda os dois estudantes responsáveis pela ideia.

Por não se tratar de uma campanha oficial da IKEA, não é possível, de facto, pedir para que as instruções não sejam enviadas e também não é possível encontrar o vídeo que dá conta da ideia em nenhum dos canais da marca. No entanto, a campanha foi publicada no site Ads of The World e pode ser vista também em baixo:

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...