Despacha-te, Xico: comida caseira com entrega ao domicílio

Despacha-te, Xico é o nome de um serviço de entrega ao domicílio de refeições caseiras que nasceu no primeiro período de confinamento. A ideia começou a ser marinada em Março do ano passado e os motivos que levaram à sua criação mantêm-se actuais.

Francisco Completo, responsável pelo serviço, explica que queria «ir ao encontro das imprevistas e não acauteladas necessidades para o dia-a-dia em confinamento e limitações» de muitos dos seus amigos e clientes, que ao longo dos anos foram passando pelos vários restaurantes que geriu. A ideia expandiu-se também para o público em geral e, hoje, qualquer pessoa pode pedir uma tarte de perdiz ou favas ratinhas com tesouros da Beira, por exemplo.

Todos os pratos são de inspiração portuguesa e, embora simples, correspondem a receitas pouco confeccionadas nas casas de cada um, refere Francisco Completo à Marketeer. O menu inclui também bacalhau com broa e espinafres, bochechas em tinto com puré de batata-doce ou almondegas de novilho com arroz de laranja.

Para sobremesa, há bolo-musse de chocolate da Maria, musse de lima e tarte merengada de limão. «A confecção dos pratos é como se fosse a cozinhar em casa para a família ou para uma reunião de amigos, sem artifícios e sem recorrer a quaisquer máquinas com pré-preparados», conta Francisco Completo. Sempre que possível, o serviço Despacha-te, Xico aposta também na confecção sem glúten.

«Saliente-se também a preocupação em adquirir produtos directamente junto de pequenos produtores, em estabelecimentos de bairro, contrariando as compras em super/hipermercados», adianta ainda Francisco Completo, acrescentando que o peixe chega do mercado e a carne do talho.

Disponível para entregas gratuitas nos concelhos de Lisboa, Oeiras, Cascais, Sintra, Mafra, Amadora, Odivelas, Loures, Vila Franca de Xira, Almada, Seixal, Sesimbra e Palmela, o serviço quer ir ter com os clientes para que os mesmos possam manter-se em casa e em segurança. O local e a hora são escolhidos pelos próprios clientes.

Segundo Francisco Completo, o cliente-tipo que procura o Despacha-te, Xico tem entre 30 e 70 anos (ou mais), é bem-disposto apesar da situação actual e muito confiante na qualidade do serviço prestado.

Antes de se lançar neste novo projecto, Francisco Completo passou por vários espaços de restauração, daí que tenha experiência na área e os conhecimentos necessários para se focar agora nas entregas ao domicílio. Começou em Coimbra, em 1996, com um restaurante-bar-esplanada chamado Fora d’Ordem.

Em 2005, passa para o Comida de Urso, no Príncipe Real, em Lisboa, e dois anos mais tarde abre o UrsoaSantos. Em 2008, nasce a TascaRepublica, na Rua de São Bento, e, em 2010, a TascaUrso. Pelo meio, vai vendendo os espaços antigos para dar vida aos novos e, em 2018, abrem-se as portas do Ah!, na Rua Alexandre Herculano.

Em Dezembro de 2018, por fim, abre o Veneno, em Alvalade, onde também surge uma queijaria e espaço para produtos de todas as regiões do País, vinhos e padaria, doçaria, entre outros. Uma vez mais, uma proposta de negócio levou à venda do restaurante.

Agora, é no Despacha-te, Xico que coloca as suas fichas para ajudar a levar comida caseira à mesa de quem está em confinamento.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...