Delta Q quer liderar o mercado de cápsulas

entrevista_54Delta Q continua a crescer 100% ao ano e representa já 10% do total do grupo. Produtos e máquinas inovadoras e entrada em novos mercados fazem parte do plano de expansão. Porque a ambição é clara: liderar o mercado.

A celebrar este ano o seu 50.º aniversário, a Delta continua a afirmar-se como líder destacada no mercado de cafés em Portugal. Um estatuto que a faz olhar para outras geografias e outros segmentos para poder continuar a crescer. E se há cerca de três anos a estratégia passou pelo lançamento de Delta Q, agora muitos dos olhares da administração voltam-se para o reforço de posição em Espanha – onde responde já pelo 5.º lugar entre os players da torrefacção e onde ainda não deixou de equacionar a compra de uma empresa local – e para a expansão junto de mercados como o Brasil e Angola.

Quanto a Delta Q, Rui Miguel Nabeiro, administrador e grande mentor desta submarca, diz que «no final de 2012 gostava de ter 10% da sua facturação noutros mercados». A área de negócio já representa 10% da facturação do Grupo Nabeiro, continuando a crescer a três dígitos. Todo o trabalho será no sentido de reforçar mais ainda posições num segmento que representa 48% do valor global do mercado de cafés português. Até porque para Rui Miguel Nabeiro não há meios-termos: «Gostávamos de atingir a liderança de todo o mercado», faz saber!

A Delta Q ultrapassou em Agosto, pela primeira vez, a Dolce Gusto, da Nestlé, nas vendas em retalho. É seu objectivo reforçar mais ainda esta liderança? Em quanto?

O resultado está em linha com o objectivo que a Delta tem de liderar o mercado das cápsulas em Portugal. Tínhamos este objectivo e uma data para chegar aos 30%, que seria o final de 2010. Segundo os dados da Ac Nielsen conseguimos atingi-lo. Agora, gostávamos de conseguir atingir a liderança de todo o mercado…

… está a incluir aqui a líder Nespresso?

Temos que incluir a Nespresso. A Dolce Gusto e a Delta Q têm ritmos idênticos de crescimento no retalho, estão muito a par. Mas não estamos no posicionamento multi-beverage, porque o nosso slogan é “o café dos cafés”. Queremos que o nosso seja o melhor café. No fundo, queremos transportar a experiência que o consumidor tem com a nossa marca na rua para dentro de casa. Delta tem atributos fortes e queremos transportar esses atributos, de forma a disputar a liderança do mercado local. Delta é marca líder de mercado em Portugal e não faz sentido que exista um segmento onde não é líder. Queremos lutar por isso.

PARA LER O ARTIGO NA ÍNTEGRA CONSULTAR EDIÇÃO IMPRESSA Nº178

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Câmara de Lisboa vai contratar mais de 500 pessoas em diversas áreas
Automonitor
OK! teleseguros no Salão Automóvel Híbrido e Elétrico do Porto