Análise de Dados: o super-poder da eficácia ao serviço do Marketing

Por Carla Fonseca, Marketing director BI4ALL

Vivemos tempos verdadeiramente impressionantes para quem lidera, gere e trabalha no Marketing. Se, antigamente, esta era uma área muitas vezes associada a investimentos financeiros cuja eficácia dificilmente conseguia ser provada e medida por quem desenvolvia e implementava as estratégias, hoje em dia este receio já não tem qualquer fundamento pois existem soluções que permitem transformar radicalmente a forma como as campanhas são executadas e medidas. Na prática, estamos perante uma espécie de super-poder no que toca à combinação das melhores e mais criativas campanhas com soluções tecnológicas que aumentam a sua eficácia.

Actualmente, o Marketing é um dos exemplos mais claros da influência que a tecnologia de análise massiva de dados tem tido no dia-a-dia dos seus profissionais. Perante clientes e consumidores cada vez mais exigentes e informados, é natural que os responsáveis por estes departamentos enfrentem novos desafios. Algumas das questões que mais os preocupam passam pela geração de leads e de tráfego nas plataformas digitais, pela medição do ROI associado às campanhas implementadas, ou pela garantia de que o orçamento é bem gerido. A parte positiva é que tudo isto pode ter uma solução com a utilização de ferramentas tecnológicas orientadas para a análise de dados.

A obtenção de informação sobre clientes, definindo perfis de consumidores, hábitos e padrões de consumo permite dar resposta a diversos “pontos de interrogação” que são uma constante na mente dos profissionais de marketing: quem é o consumidor, o que procura, qual a tendência de compra, quais as suas necessidades, quanto está disposto a pagar por um determinado produto ou serviço ou até mesmo qual a frequência com que efectua as suas compras, por exemplo. Tudo isto é possível de alcançar com uma boa gestão dos dados recolhidos e assimilados através da execução da normal actividade de negócio junto dos consumidores ou até das próprias campanhas.

Considerando as inúmeras janelas de oportunidade que se abrem em torno da exploração destes dados, encontramo-nos num ponto de evolução extraordinário que nos transporta para aquilo que é quase um novo conceito de Marketing, completamente baseado em experiências reais de perfis de consumidores, o que leva a tomadas de decisão suportadas por factos com valor acrescentado e menos por intuições. É caso para dizer que a informação é a alma do negócio.

Se fizermos um exercício de projecção, não será de estranhar que, nos próximos anos, venhamos a ter seguros de automóveis que funcionam de forma totalmente personalizada, assente em tecnologias que garantem a conectividade dos veículos com as seguradoras e os seus departamentos de Marketing. Com a transmissão de informações sobre perfis de condução e a criação de experiências de utilização personalizadas, será possível beneficiar, por exemplo, quem tem hábitos de condução mais seguros. Através de práticas deste tipo, estes condutores poderão ter condições mais vantajosas na aquisição de novos seguros ou outras oportunidades adjacentes. E, assim, com uma série de passos que parecem simples, se revoluciona completamente a experiência do cliente e o próprio trabalho de quem está por detrás destas ações.

Através das soluções tecnológicas de Data Analytics, os departamentos de Marketing ganham uma série de informações que lhes permitem estar muito mais bem preparados no contexto do processo de decisão junto das respectivas administrações, bem como medir o ROI das suas estratégias. Além disso, de um ponto de vista prático, estas soluções ajudam a recomendar, analisar, cruzar e acelerar novas campanhas e já implementadas, aumentar a eficiência da estratégia, personalizar a experiência de compra, desenvolver acções mais direccionadas e personalizadas, e, claro, aumentar as possibilidades de sucesso e novas oportunidades de negócio.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Postos para carros elétricos no Porto passam a ser pagos dentro de 15 dias