Sabe “Reciclar no Sentido Certo”?

Já arrancou a nova campanha nacional de sensibilização para a importância da reciclagem de resíduos eléctricos e electrónicos. Promovida pelas entidades gestoras deste tipo de resíduos – Electrão, ERP Portugal E-Cycle – em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Direcção-Geral das Actividades Económicas (DGAE), tem como mote “Reciclar no Sentido Certo”.

Tal como o lema indica, a ideia é mostrar qual é o destino mais indicado para este tipo de equipamentos quando já não funcionam. Para isso, as entidades responsáveis pretendem explorar o lado emocional dos portugueses, lembrando que as televisões antigas ou as máquinas de lavar que já não funcionam não devem acabar no lixo comum.

Estes equipamentos devem ser tratados e descontaminados de forma a evitar que substâncias nocivas contaminem os solos e as águas. Além disso, o encaminhamento correcto também permite reaproveitar materiais e integrá-los no ciclo produtivo, reduzindo a extracção de matérias-primas virgens.

«Em 10 anos, passámos de vender 120 milhões/ano de smartphones no mundo para 1500 milhões. Não admira que o fluxo de REEE [Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos] seja um dos que mais cresce. Em 2030, serão 75 milhões de toneladas, quase como 7500 torres Eiffel», explica Inês Santos Costa, secretária de estado do Ambiente. Em declarações reportadas em comunicado, sublinha ainda que as metas de recolha e valorização são difíceis de cumprir em países como Portugal.

Inês Santos Costa esclarece que é precisamente no âmbito do Plano de Acção dos REEE que se insere esta campanha: «Não queremos tornar a acção cidadã ecologicamente perfeita, mas explicar onde podemos fazer diferença, pela nossa saúde, da nossa família e do lugar onde vivemos, mesmo com acções imperfeitas.»

A nova campanha vai ser divulgada até ao final de Outubro, através de televisão, rádio e canais online, incluindo redes sociais e um site próprio.

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...