Referência na distribuição

MARKETEER CONTENTS

Com um sortido alargado, que conta com mais de 3500 referências de vinhos, oriundos de todas as regiões vinícolas nacionais e dos principais países produtores no mundo, e mais de 200 azeites nacionais, o El Corte Inglés tem vindo a consolidar-se como um especialista neste segmento.

Um caminho que tem passado por uma constante actualização da oferta, quer de vinhos quer de azeites. Nos vinhos, a oferta do El Corte Inglés estende-se entre brancos, tintos, rosés, espumantes e generosos, mas também a algumas sub-categorias que têm marcado a tendência do mercado. «Em termos de novidades, devemos salientar o aumento de referências de biológicos e biodinâmicos, bem como de Porto branco, por exemplo», refere Manuel Paula, director de Marketing do El Corte Inglés.

Já na categoria de azeites, destaca-se a categoria virgem extra (sem defeitos e com acidez inferior a 0.8), sendo que o El Corte Inglés disponibiliza referências das seis regiões DOP (Denominação de Origem Protegida), nomeadamente Trás-os-Montes, Beira Interior, Ribatejo, Norte Alentejano, Alentejo Interior e Moura. «As novidades na categoria centram-se no aumento de referências de azeite DOP e biológico, bem como em azeites de pequenos produtores, os chamados “azeites de quinta”», frisa o responsável.

Além do reforço da oferta, o El Corte Inglés investiu recentemente na reformulação e modernização das suas lojas, com reflexo, por exemplo, nos ajustes feitos nos lineares ou na ampliação (para o triplo) do espaço Club del Gourmet de Lisboa.

«Adicionalmente, realizamos investimento permanente em comunicação, seja em acções monográficas destes produtos, formação interna de colaboradores, masterclass de produto para clientes, entre outras acções », afirma Manuel Paula. «O objectivo é o de reforçar o posicionamento de especialista neste tipo de produtos, valorizando o sortido alargado que efectivamente oferecemos», reitera o responsável.

Oferta premium

Além do Supermercado, o El Corte Inglés de Lisboa disponibiliza o Club del Gourmet. Desde há um ano alojado no espaço Gourmet Experience, no 7.º piso do edifício, trata-se de um espaço com uma selecção de produtos que apresentam uma qualidade superior e distribuição limitada, incluindo vinhos e azeites. «A diferença [entre o Supermercado e o Club del Gourmet] é entre produtos que se pode considerar, de alguma forma, massificados, versus produtos de gama alta, premium, que são produzidos em pequenos lotes com características únicas. Nos vinhos, devemos considerar ainda a quantidade limitada por ano de colheita, o que leva a situação de escassez», explica o director de Marketing do El Corte Inglés, acrescentando que «a oferta dos dois espaços é complementar e condicionada por factores como tipo de cliente ou momento de consumo.»

Tal como os produtos do Supermercado, também o Club del Gourmet disponibiliza uma loja online, onde é possível encontrar uma variedade alargada de produtos exclusivos, de todo o mundo, com possibilidade de entrega ao domicílio no próprio dia (caso a compra seja concluída com um mínimo de três horas de antecedência). Uma proposta de conveniência, que se junta à possibilidade de reserva online e recolha numa das lojas El Corte Inglés.

De referir também, no que toca à oferta de vinhos e azeites do El Corte Inglés, que no espaço Gourmet Experience, em Lisboa, existe um Wine Bar onde é possível experienciar vinhos e champanhe a copo, de forma isolada ou enriquecida por queijos raros, presuntos bolota e conservas improváveis.

Aposta na produção nacional

A produção portuguesa tem uma presença esmagadora na oferta de vinhos e azeites do El Corte Inglés. Com efeito, cerca de 90% dos vinhos comercializados pela retalhista nas suas lojas têm origem nacional. «No caso dos azeites, e com a excepção das marcas próprias, não realizamos importação de produto. No entanto, nos vinhos, e dada a procura existente neste mercado de vinhos estrangeiros, realizamos importação das origens mais diversificadas, sendo de destacar que apresentamos uma selecção dos vinhos franceses, espanhóis e italianos mais cotados em todo o mundo», sublinha o director de Marketing do El Corte Inglés.

A retalhista aproveita ainda a sua rede e influência em Espanha para ajudar algumas marcas portuguesas, neste caso de vinhos e azeites, a passarem a fronteira e se internacionalizarem. «Tanto na área de vinhos como de azeites, facilitamos o contacto com o El Corte Inglés Espanha, tendo já havido casos de sucesso, que implicaram a colocação à venda nas lojas El Corte Inglés de Espanha », frisa Manuel Paula.

No que toca à marca própria, «de momento não temos previsto lançamento de novas referências», adianta o responsável. Actualmente, entre Supermercado e Club del Gourmet, o El Corte Inglés dispõe de 20 referências de azeites e cerca de 20 referências de vinhos de marca própria.

O Natal é uma altura importante da venda deste tipo de produtos, em particular os vinhos, para todos os retalhistas. Por isso, para a época natalícia que se aproxima, estão previstas várias acções por parte do El Corte Inglés, quer ao nível de produto quer de comunicação, como sejam o lançamento de um cabaz de Natal (sempre com uma oferta alargada de vinhos e azeites), uma presença destacada nas lojas ou packs que conjugam o vinho com outros produtos (por exemplo, vinho mais decanter, vinho mais copos ou garrafas Magnum).

«A época natalícia é, para toda a distribuição, um momento chave do ano. O El Corte Inglés não é excepção e, por isso, prepara uma série de opções que visam ser uma solução para os diversos momentos de troca de presentes, bem como para potenciar a venda e ganhar quota de mercado neste momento do ano», conclui o responsável.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito