Rebranding chega às vacinas. Fármaco da Pfizer agora chama-se Comirnaty

A vacina da Pfizer contra a Covid-19 é a primeira a receber a aprovação completa da autoridade norte-americana responsável pela supervisão de medicamentos e alimentos (FDA). Até aqui, esta vacina estava a ser administrada mediante uma autorização especial de emergência, tendo em conta o cenário de pandemia.

Com a aprovação completa, chega uma alteração ao nome nos Estados Unidos da América. A partir de agora, a vacina da Pfizer é oficialmente conhecida como Comirnaty e deve ser a designação utilizada aquando da sua comercialização.

Este nome – que já estava associado à vacina mas que agora passa a ser a designação oficial – resulta da combinação do prefixo “co”, de Covid-19, com “mirna”, que remete para a tecnologia mRNA, e ainda “ty”, que dirá respeito às palavras “community” e “immunity” (comunidade e imunidade).

Segundo a revista Fortune, o nome escolhido deve mostrar claramente aos cidadãos qual é a origem da vacina e qual é o seu propósito. Outras possibilidades que estiveram em cima da mesa eram Covuity, RnaxCovi, Kovimerna e RNXtract.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...