IKEA lança podcast em prol de um mundo melhor

Para promover a igualdade, diversidade e inclusão, a IKEA lançou o podcast “Igualmente”, uma iniciativa que conta com a moderação de Rui Maria Pêgo e pretende abordar assuntos que impactem os ouvintes a contribuir para um mundo melhor.

O primeiro episódio é lançado hoje, tendo como tema “Igualdade em casa”, protagonizado por um casal de colaboradores da IKEA e pela professora Paula Campos Pinto, consultora do estudo “A Igualdade em Casa” da IKEA. Com uma periodicidade mensal, o podcast Igualmente estará disponível nas plataformas de podcast e em formato de vídeo no YouTube. Todas as terceiras terças-feiras do mês haverá um novo episódio.

«Criar um podcast sobre igualdade, inclusão e diversidade era uma ambição nossa há algum tempo. Para além de ser uma plataforma em crescimento, é um canal que consideramos transmitir mais empatia, por nos fazer companhia e ser uma excelente ferramenta de comunicação, possível de ser ouvido, onde e quando se quiser. Foi neste sentido, e porque valorizamos muito a diversidade e a singularidade, que decidimos agora ser o momento de lançar este canal», explica à Marketeer Cláudia Domingues, directora de Comunicação da IKEA Portugal.

Rui Maria Pêgo sublinha que: «enquanto comunicador, procuro sempre espaços onde possa estimular discussão e pensar o futuro com a mesma certeza de sempre: a escolha de inventarmos uma sociedade mais igualitária é nossa e acontece agora. É um prazer juntar-me à IKEA para desenvolver discussão e pensar em conjunto».

Ainda sobre a criação do podcast, Cláudia Domingues afirma, em entrevista, que o contexto pandémico despertou a vontade de criar algo que permitisse unir a sociedade através da partilha de valores e testemunhos, contribuindo, assim, para um mundo melhor.

Cláudia Domingues, directora de Comunicação da IKEA Portugal

O que motivou a criação de um podcast sobre igualdade, inclusão e diversidade?

Mais do que nunca, o ano de 2020 trouxe a preocupação com o outro, a necessidade de ajudar e de “dar casa” a quem mais precisa. E é por isso que queremos promover conversas sobre os mais variados temas no âmbito da diversidade e inclusão, com histórias reais, contadas na primeira pessoa, pelos nossos colaboradores, que são os grandes protagonistas deste projecto, mas também de outros convidados com uma voz activa nestes temas. Queremos inspirar os outros a fazer o mesmo, a dar as boas-vindas a todas as dimensões da diversidade, a sermos melhor uns para os outros e, assim, criar um mundo melhor.

Rui Maria Pêgo foi uma escolha natural para ser a cara desta iniciativa?

O Rui é um óptimo comunicador e um grande defensor dos temas de igualdade, tal como nós. Por isso pensámos no Rui quase de forma imediata, por considerarmos a pessoa ideal para conduzir este projecto. O facto de trabalhar em rádio também contribuiu para a escolha, uma vez que estamos a falar de um podcast, mas considerámos que a visão e os valores do Rui estão completamente alinhados com os da IKEA. E a verdade é que, quando lhe apresentámos esta ideia, gostámos muito da forma muito pessoal como ele acolheu o projecto. A partilha dessa paixão, dos mesmos princípios e propósito, foi essencial para nos associarmos neste projecto tão especial.

Porque optaram por este formato?

O podcast permite-nos levar estas histórias a mais pessoas. Achamos que o poder deste projecto está na voz, no testemunho, nas histórias partilhadas, e é assim que queremos chegar às pessoas e consciencializá-las para a temática. O podcast é uma plataforma de conteúdos que está a ganhar cada vez mais fãs porque tem a vantagem da eficiência de tempo, uma vez que as pessoas estão a obter informação e entretenimento enquanto desempenham outra actividade, por exemplo. Queremos chegar aos ouvidos dos portugueses e fazer com que estas conversas sejam, também, a sua companhia e o espaço de inspiração para discutir estes temas com amigos, familiares, criando uma onda de motivação de partilha de coisas que às vezes não parecem fáceis de falar.

Que público esperam impactar?

A igualdade é um tema muito relacional. Infelizmente, todos nós já passámos por algum episódio ou conhecemos alguém que tenha enfrentado uma situação de desigualdade de género, de violência doméstica, discriminação racial ou salarial. E tudo isso são temas que vamos abordar no podcast “Igualmente”. O nosso grande objectivo é chegar a várias faixas etárias, da mesma forma que o tema da igualdade é transversal a todos.

Numa perspectiva de responsabilidade social, que valores saem reforçados?

O grande objectivo do projecto é reforçar os valores de diversidade, inclusão e cuidar das pessoas. Paralelamente a estes aspectos, acreditamos que este novo projecto irá permitir reforçar a nossa união, onde convidamos os nossos colaboradores a partilhar as suas histórias, estimulando o espírito de comunidade, fazendo-os sentir respeitados, apoiados e valorizados.

Ao nível de comunicação, de que forma irão promover este podcast?

“Igualmente” terá um episódio todos os meses, focado num tema em específico. Este primeiro é dedicado à Igualdade em Casa e, por falar em casa, comunicamos sempre primeiro para dentro, a nível interno com os nossos colaboradores, através dos nossos canais digitais internos. Externamente, faremos um anúncio em media e, em simultâneo, iremos usar as nossas plataformas externas, com a partilha de um excerto de cada episódio nas nossas páginas oficiais de Instagram, Facebook e LinkedIn, com stories na página de instagram do Rui Maria Pêgo e com a publicação da versão vídeo na nossa página de Youtube. Além disso, iremos ter comunicação nas nossas lojas, em diferentes formatos, nos ecrãs, na radiofonia e em alguns pontos de contacto, com código QR Code directo para as plataformas de podcast.

Que objectivos esperam alcançar?

O grande propósito da IKEA é criar um dia-a-dia melhor para todos, dentro e fora de casa. Acreditamos que todos têm o direito de ser tratados com justiça e de ter as mesmas oportunidades, independentemente do seu género, nacionalidade, condição física, opção sexual, posição, idade, etc. Temos o compromisso de atingir esta igualdade dentro da empresa, criando e trabalhando todos os dias para uma cultura inclusiva. O grande objectivo deste projecto, tal como de outros que desenvolvemos focados na igualdade, é de replicar estes valores para fora da organização e impactar de forma positiva as pessoas para que, em conjunto, todos lutemos por um mundo melhor – mais justo, igualitário e inclusivo.

Texto de Rafael Paiva Reis

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...