COVID-19 não impede férias: 95,9% dos portugueses mantém planos de descanso

Um estudo realizado pela Odisseias mostra que os portugueses não se deixam abalar pela pandemia de COVID-19 quando o assunto são férias: 95,9% dos inquirido tenciona fazer férias este ano. Quanto aos destinos preferenciais, o Algarve surge em primeiro lugar (25,2%), logo seguido pelo Litoral Alentejano (22,5%) e pela região Norte (9,1%).

O orçamento disponível situa-se, para grande parte, entre os 50 e os 100 euros por noite. É este o valor que 44,7% dos portugueses inquiridos pretende gastar ou já gastou em férias este ano. Há ainda uma fatia significativa (23,9%) que prefere gastar menos de 50 euros por noite.

Piscinas (59,8%), o selo Clean & Safe (49,5%) e a proximidade da praia (48,5%) são os critérios com mais peso na hora de seleccionar o destino de férias, sendo que os hotéis lideram o tipo de alojamento mais procurado (26%). Seguem-se casas/villas privadas (22,7%) e apartamentos (19,8%).

A Odisseias indica ainda que 34% afirma reservar sete noites para as suas férias, 28,9% opta por cinco noites e 24,7% por apenas três noites. Agosto será o mêsm com maior afluência (47,6%), à frente de Julho (29,7%) e Setembro (21,2%).

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...