Conselho Editorial: O novo mundo híbrido

E agora, qual é o novo real nas empresas, nas equipas, nas estratégias e na comunicação? Naquele que foi o primeiro almoço presencial do Conselho Editorial da Marketeer, nesta fase de pré-desconfinamento total, no restaurante Il Gatoppardo do Hotel Dom Pedro Lisboa, a maioria dos presentes concordou que o ideal será continuar a trabalhar em cima de dois cenários, o do confinamento e o do desconfinamento.

No Turismo, começa a verificar-se alguma retoma, mas fora de Lisboa, sendo que a capital deverá apenas voltar a ter boas taxas de entrada e reservas apenas em Abril de 2022. No caso dos eventos, e tendo em conta o «ano dramático», os meses que se avizinham só podem ser de melhoria. Mas há a constatação de que os formatos híbridos vieram para ficar. Quanto às empresas do grande consumo, e em particular as que trabalham directamente com o canal Horeca, o regressso a uma “normalidade” só deverá chegar dentro de meses. Perante tudo isto, vários conselheiros defendem que Portugal, empresas e consumidores não estão preparados para «o que aí vem».

Temas q.b. que servirão de base à próxima conferência da Marketeer, a acontecer no próximo dia 22 de Junho, sobre o novo mundo híbrido.

No almoço, estiveram presentes os conselheiros: Álvaro Covões (Everything is New), Carla Cruz (CTT), Inês Veloso (Randstad), Joana Garoupa (Galp), José Eduardo Nunes (CLC), Nuno Pinto de Magalhães (Sociedade Central de Cervejas), Paulo Campos Costa (EDP), Pedro Mota Carmo (NOS), Pedro Ribeiro (Dom Pedro Hotels & Golf Collection), Pedro Rodrigues (Desafio Global), Teresa Lameiras (SEAT) e Tomás Pinto Gonçalves.

Artigo publicado na edição n.º 298 de Maio de 2021

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...