«A Global Marketer Conference é imperdível»

São várias as razões para assegurar um lugar na primeira edição da Global Marketer Conference. Quem o garante é Manuela Botelho, secretária-geral da Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN), entidade que colabora com a World Federation of Advertisers (WFA) na organização do evento em Lisboa

Marcada para 28 de Março, no Convento do Beato, a Global Marketer Conference vai reunir alguns dos principais nomes do Marketing de todo o mundo, incluindo o Chief Marketing Officer da Unilever, o Global Marketing director da Airbnb e a Chief Marketing and Innovarion Oficer da Diageo.

Em entrevista à Marketeer, que é media partner do evento, Manuela Botelho adianta também como surgiu a oportunidade de trazer a Global Marketer Conference a Portugal e quais as expectativas da organização.

Como descreveria a Global Marketer Conference?

Trata-se do único evento onde lideres de Marketing das mais importantes marcas globais e outros importantes actores discutem os temas da transformação da indústria e as novas tendências do Marketing e da Comunicação.

Como é que este evento chega a Portugal? Qual é o papel da APAN?

A World Federation of Advertisers é uma organização internacional que representa os interesses comuns dos marketers em todo o mundo, através de uma network formada por cerca de 50 dos 100 maiores anunciantes mundiais e de 57 associações de anunciantes em cinco continentes. A APAN, enquanto membro deste network mundial, participa em grande parte das iniciativas e tem acesso a informação e conhecimento de grande relevância que advém do trabalho conjuntos dos seus associados . A Global Marketer Week é um evento global de quatro dias organizado há vários anos pela WFA com os seus associados de todo o mundo. Um desses dias é partilhado com os profissionais do país anfitrião, sob a forma de conferência. Dada a importância e qualidade de tudo o que se passa neste evento internacional, a APAN não podia deixar de se candidatar a receber a Global Marketer Week em Lisboa e proporcionar seus associados e aos profissionais nacionais acesso a personalidades globais desta indústria.

O que pode ganhar o País ao acolher a conferência? Qual é o retorno esperado?

O País ganhará na medida em que os profissionais desta indústria ganham ao estarem preparados para anteciparem o futuro. Conhecemos o papel que a actividade de Marketing tem no negócio das empresas e sabemos a transformação que ela está a sofrer porque o mundo está a mudar. Sabemos também, com o estudo apresentado pela APAN, a importância e o impacto que a comunicação de Marketing e a Publicidade têm no País e na economia. E no papel que desempenha na competitividade e na inovação, enquanto motores de desenvolvimento do País.

Acreditamos, pois, que estar na vanguarda dos temas que estão a mudar a face do Marketing e dos negócios e poder agir sobre eles é, só por si, um bom negócio para os marketers, para as empresas e para a economia nacional.

O que torna a Global Marketer Conference imperdível?

A qualidade dos oradores e dos temas que irão eleger para abordar em Portugal. São grandes as expectativas. Estamos numa fase crucial de transformação dos negócios e os convidados que estarão na Global Marketer Conference são agentes dessa transformação. Temos representantes de diferentes sectores e temos visões mais globais; temos pessoas que estão no centro da transformação e outras que ditam tendências.

A quem se dirige?

Este é o evento que quem tem responsabilidades nas empresas não pode perder, nem pode deixar de levar as suas equipas. Do marketing à comunicação, do research ao digital, do procurement ao serviço a clientes, ninguém deve ficar de fora.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?