YouTube apaga 500 milhões de comentários ofensivos

Em apenas três meses, o YouTube removeu 100 mil vídeos de discurso de ódio, encerrou 17 mil canais por incitação ao ódio e apagou mais de 500 milhões de comentários com conteúdos ofensivos e de ódio. Segundo a plataforma, estes são os resultados da actualização de Junho à política do YouTube no que concerne conteúdos de incitação ao ódio.

“Os picos nos números de remoção devem-se, em parte, à remoção de comentários, vídeos e canais mais antigos que foram permitidos anteriormente”, explica o YouTube.

O segredo está em combinar automatização de processos com revisão humana: 87% dos nove milhões de vídeos removidos no segundo trimestre deste ano foram sinalizados primeiro pelos sistemas automatizados do YouTube. Além disso, registou-se um aumento de mais de 50% do número de canais encerrados por violarem as políticas de spam neste período, também graças à melhoria dos sistemas de detecção automáticos.

No entanto, os colaboradores de carne e osso ainda são essenciais, uma vez que é necessário garantir que o conteúdo removido viola, de facto, as políticas da plataforma. A Google, empresa que detém o YouTube, conta com uma equipa de mais de 10 mil pessoas para detectar, rever e remover conteúdos.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Hyundai promete novo SUV híbrido plug-in para Los Angeles