Yahoo apresenta crescimento modesto das vendas

Nos primeiros três meses sob a liderança da nova CEO, Marissa Mayer, a Yahoo registou um ligeiro aumento das vendas. A gigante da internet anunciou receitas de 1,09 mil milhões de dólares (cerca de 838 milhões de euros) no terceiro trimestre, o que representa um aumento de 2% em relação aos 1,07 mil milhões de dólares (822 milhões de euros) acumulados no período homólogo.

Entre Julho e Setembro, a Yahoo assistiu a um grande aumento dos lucros, graças a um plano de corte das despesas que envolveu despedimentos, a um crescimento das receitas publicitárias no seu motor de busca e, sobretudo, à venda da sua participação na empresa chinesa de e-commerce Alibaba. A empresa obteve um volume de negócios de 3,2 mil milhões de dólares (2,5 mil milhões de euros), que compara com os 298 milhões de dólares (229 milhões de euros) arrecadados em igual período do ano passado. Excluindo os efeitos da venda da sua participação na Alibaba, os lucros da empresa baixariam para 177 milhões de dólares (136 milhões de euros), informou a Yahoo em comunicado, citado pelo site da BBC.

Os mais recentes resultados são um pequeno passo na concretização dos objectivos de Marissa Mayer, que em Julho passado trocou a vice-presidência da Google na área Serviços de Geolocalização pela presidência executiva da Yahoo. Mayer é a quinta CEO da Yahoo em apenas quatro anos, e procura inverter um ciclo de três anos consecutivos de declínio das vendas da empresa.

Para alavancar as vendas, Mayer pretende dinamizar os negócios já existentes da empresa, nomeadamente a publicidade display e os produtos que as pessoas utilizam diariamente, como o e-mail ou as aplicações móveis, explicou ontem a responsável na primeiro encontro com analistas desde que assumiu a liderança da empresa. «A nossa visão para a Yahoo é tornar os hábitos diários inspiradores e divertidos para os utilizadores», referiu Marissa Mayer, citada pela agência Bloomberg.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual