Worten lança marketplace com produtos para a casa

A Worten vai ter uma nova área no seu site dedicada à venda de produtos de marcas parceiras, seguindo a lógica de marketplace – à semelhança do que a Fnac tem vindo a desenvolver também no seu site. São mais de 100 mil as referências que estarão disponíveis já a partir de amanhã, desde mobiliário a iluminação, tapetes e até colchões, num total de 30 categorias. Inicialmente, decoração e produtos para a casa serão as áreas em foco, mas o objectivo é expandir gradualmente a outras categorias de retalho (excluindo alimentação) onde habitualmente a Worten não está presente.

Ser um marketplace significa que também o transporte das encomendas é da responsabilidade das insígnias associadas, assim como a entrega, apesar de contarem com o apoio da Worten no que toca à distribuição, logística e pós-venda. O projecto arranca com 100 vendedores parceiros, sendo que cerca de metade deles são portugueses. O objectivo da empresa passa por expandir dos 100 mil produtos disponíveis nesta fase inicial para cerca de um milhão, até ao final do ano.

Segundo Mário Pereira, chief operating officer (COO) da Worten Ibéria, trata-se de um novo modelo de negócio, que torna a marca cada vez mais abrangente. «É uma nova Worten, não é apenas mais um passo. Muda substancialmente aquilo que é o ADN da Worten e aquilo que fazemos e apresentamos aos clientes». De acordo com o responsável, o website da Worten é já a «maior plataforma de e-commerce em Portugal» e o «principal canal de vendas» da insígnia.

Mário Pereira indica ainda que, a partir de agora, o posicionamento da Worten é o de uma «empresa digital com lojas físicas e um toque humano», reforçando o conceito de omnicanal. Nesse sentido, a nova área de negócio terá também um espaço nas lojas, dando corpo àquilo que os consumidores podem encontrar online. Além do atendimento especializado, será possível encomendar e levantar os produtos nas lojas. «O retalho será cada vez mais um mercado híbrido entre o online e o offline. Este é o futuro e estamos a caminhar nesse sentido», reitera, rejeitando a ideia de que a expansão do negócio da Worten possa prejudicar as vendas de outras marcas do grupo Sonae. «Vendemos têxtil no Continente e na Modalfa e não vemos isso como canibalização das vendas. Trata-se de alargar horizontes. O mundo digital está a crescer e todas as empresas do grupo têm que melhorar a sua proposta de valor», frisa.

Com presença física Portugal, Espanha e Angola (através de um modelo de franchising) e com presença online em 17 mercados, a Worten encara também o marketplace como uma nova oportunidade de expansão internacional. Para já, sabe-se que a plataforma será alargada a Espanha, já a partir de Janeiro do próximo ano. No que toca à rede de lojas físicas, a Worten prepara-se para abrir, até ao final do ano, cinco novas lojas em Portugal e quatro em Espanha.

O investimento total associado ao lançamento do marketplace da Worten ronda os sete milhões de euros, incluindo uma campanha multimeios. Sob o mote “Worten.pt, onde decoração casa com tecnologia”, a campanha que visa divulgar a novidade já arrancou em mupis e vai chegar também à televisão e plataformas digitais. A campanha conta com criatividade da Fuel, direcção criativa de Jorge Teixeira, produção da Krypton e realização de Fred Oliveira.

Veja aqui o filme da campanha:

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Conheça o programa completo da XVIII Conferência Human Resources
Automonitor
Já pode encomendar o novo Opel Grandland X Hybrid4