Web Summit diz adeus a dinheiro físico

A próxima edição do Web Summit será 100% cashless. A organização do evento reforçou a parceria com a SIBS de modo a permitir que todos os participantes efectuem pagamentos sem recorrer a dinheiro físico. Os pagamentos electrónicos são o novo normal no recinto da conferência.

Basta ter um cartão ou aplicação móvel à mão. A SIBS irá fornecer soluções de pagamento seguras aos comerciantes presentes, com sistemas que aceitam todo o género de meios digitais. Paddy Cosgrave, CEO e fundador do Web Summit, sublinha como o mundo se está a despedir das moedas e notas e que o objectivo do evento é oferecer uma experiência de compra mais simples: «Estamos muito satisfeitos com esta parceria com a SIBS para esta jornada.»

Madalena Cascais Tomé, CEO da SIBS, acrescenta que faz sentido um evento tão focado em tecnologia e inovação render-se aos pagamentos cashless. Segundo a responsável, este sistema «oferece mais tempo para o que realmente interessa e reforça a economia digital como um todo».

A aposta nos pagamentos cashless poderá contribuir também para a imagem de Portugal como pioneiro tecnológico. Pedro Siza Vieira, ministro Adjunto e da Economia, acredita que «a possibilidade de exibir a inovação tecnológica nacional num evento com tão grande visibilidade internacional e a associação a uma marca tão forte como Web Summit oferece à tecnologia cashless portuguesa uma grande notoriedade».

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Pela primeira vez, há uma portuguesa a presidir a Multilaw
Automonitor
Via Verde Estacionar chega à Maia