Vista Alegre vai plantar árvores na Amazónia

Por cada peça vendida da colecção “Amazōnia”, a Vista Alegre compromete-se a plantar uma árvore naquela que é considerada a maior floresta do mundo. Fruto de uma parceria com a brasileira EcoArts, a marca portuguesa pretende ajudar a reflorestar o pulmão do planeta, revertendo parte da receita da colecção a favor desta entidade.

Peças de mesa e decorativas, artigos para oferta e de iluminação compõem a colecção, que encontra na porcelana, cristal, vidro, faiança e grés os materiais de eleição. As técnicas utilizadas, por seu turno, visam aproximar os objectos da natureza.

Quanto à inspiração, a Vista Alegre revela que o naturalista português Alexandre Rodrigues Ferreira serviu de ponto de partida para a colecção, especialmente a obra “Cinco Viagens Filosóficas pelas Capitanias do Grão-Pará, Rio Negro, Mato Grosso e Cuiabá”.

“Amazōnia” está a ser apresentada ao mundo na edição deste ano da Maison et Objet, feira a decorrer em Paris onde a Vista Alegre aproveita para dar a conhecer todas as novidades da marca. Aqui, além do projecto inspirado na floresta brasileira, a Vista Alegre dá conta de “Endagered”, colecção que alerta para a defesa da biodiversidade do planeta.

Composta por quatro caixas que fazem lembrar os canópicos usados no ritual de mumificação egípcia, a colecção propõe peças que simbolizam animais em risco de extinção: Lince Ibérico (Lynx pardinus), Gazela Dama (Nanger dama), Lobo Vermelho (Canis rufus) e Águia-Falcão (Nisaetus bartelsi).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo