Vila Galé prepara seis novos hotéis

O Grupo Vila Galé começa 2019 com seis novos hotéis em carteira. O primeiro a abrir portas, fruto de um investimento de mais de oito milhões de euros, será o Vila Galé Collection Elvas, com inauguração marcada já para Abril. Em marcha está também a primeira fase do Vila Galé Douro Vineyards que, inicialmente, terá somente sete quartos. Num segundo momento, previsto para 2020, passará a ter 49 quartos, num investimento total a rondar os 10 milhões de euros.

Para o último trimestre deste ano, está prevista a inauguração do primeiro hotel de montanha do grupo português, o Vila Galé Serra da Estrela. Neste caso, o investimento ultrapassa os 10 milhões de euros.

No próximo ano, deverá ser inaugurado o Vila Galé Alter Real, em Alter do Chão, depois de um investimento de oito milhões de euros. Também em 2020, mas passando para o Brasil, o grupo planeia estrear-se na cidade de São Paulo, mais concretamente na área de Bela Cintra, junto à Avenida Paulista. O plano de investimento ascende a 80 milhões de reais (cerca de 18,8 milhões de euros).

Por fim, o Grupo Vila Galé ambiciona abrir o Vila Galé Costa do Cacau, na região de Una/Ilhéus, em 2021. Trata-se de um resort all inclusive, cujo investimento deverá chegar a perto de 150 milhões de reais (35,3 milhões de euros).

Vila Galé fecha 2018 com receitas a subir

No final de 2018, o Grupo Vila Galé contava com 32 hotéis. O volume de negócios de todos atingiu os 184 milhões de euros, mais 6% do que no ano anterior, segundo é revelado em comunicado.

Considerando apenas os 23 hotéis que têm em Portugal, a receita foi de 112 milhões de euros, o que representa uma subida de seis milhões em relação a 2017. No mercado nacional, contabilizaram-se cerca de 977 mil quartos ocupados (em linha com o exercício anterior), sendo que perto de 30% dos hóspedes corresponde a cidadãos portugueses.

No Brasil, contabilizaram-se 535 mil quartos ocupados, mais 8% do que em 2017.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual