Vila Galé já cresce mais no Brasil do que em Portugal

Piscina-Exterior-Vila-Galé-Collection-Palácio-dos-Arcos_2O Grupo Vila Galé obteve receitas de 63,50 milhões de euros no ano passado no mercado português, o que representa um aumento de 5% em relação ao ano anterior. Mas foi no Brasil que o grupo hoteleiro registou a melhor performance, com uma subida de 16% das receitas.

Em comunicado, o grupo hoteleiro, que detém 18 unidades em Portugal, informa ainda que o resultado operacional, no mercado doméstico, atingiu 25 milhões de euros. Os resultados “inverteram a tendência de queda dos últimos anos em Portugal”, sublinha o Grupo Vila Galé.

Ainda de acordo com o grupo hoteleiro, “o mercado nacional contribuiu em larga escala para o crescimento positivo do grupo em Portugal, representando 40% das dormidas e 50% do total de clientes”. Quanto aos principais mercados emissores, foram o Reino Unido, a Alemanha, a Irlanda e a França.

Já no mercado brasileiro, as receitas do grupo totalizaram 200 milhões de reais (cerca de 63 milhões de euros), mais 16% em relação a 2012, enquanto o resultado operacional aumentou 25% para 59 milhões de reais (cerca de 18,6 milhões de euros). Porém, o negócio do outro lado do Atlântico acaba por ser prejudicado pela valorização do real em relação ao euro. “Sem este efeito, os resultados das seis unidades do grupo no Brasil ultrapassariam os resultados em Portugal”, frisa o Grupo Vila Galé.

Os resultados registados no Brasil foram impulsionados pelo mercado interno brasileiro, que representou 90% do total de clientes da Vila Galé, e contribuiu para o aumento da ocupação em 11%.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio