Vídeos 180º são a nova aposta do YouTube

Filmar vídeos em realidade virtual 360º não está, nos dias que correm, ao alcance de qualquer pessoa. A começar pelo preços dos equipamentos necessários, que não são baratos. Agora, o YouTube quer tornar esta tecnologia mais acessível para todos, sejam utilizadores da plataforma ou criadores de vídeos. Para tal, está a desenvolver um novo formato de gravação, o VR180, e a trabalhar com algumas fabricantes no sentido de baixar o custo das câmaras digitais.

A novidade, que foi apresentada na VidCon, está a ser trabalhada pela Daydream, a plataforma de realidade virtual da Google. Ao contrário da tecnologia actual, que exige a gravação de vídeos a 360º e dá ao espectador a sensação de olhar para o mundo como se estivesse dentro de um globo, o formato VR180 permitirá aos utilizadores registarem apenas o que está à sua frente, num ângulo de 180º. A ideia é que, ao contrário dessa visão curvilínea, os espectadores possam experimentar uma maior sensação de profundidade nos vídeos.

Com o VR180, «os criadores necessitam apenas de gravar o que está à sua frente, enquanto que os espectadores recebem uma experiência espectacular e envolvente com um dispositivo de realidade virtual ou um vídeo que é tão espectacular no telefone como qualquer outro vídeo», garante Susan Wojcicki, CEO do YouTube, num post publicado no blogue oficial da Google. A responsável adianta ainda que o YouTube está «a trabalhar com alguns fabricantes de câmaras, tais como a LG, Yi e a Lenovo para criar novas câmaras VR180 com um custo inferior àquele que é praticado no mercado».

As novidades não se ficam por aqui. Nas próximas semanas, a aplicação móvel do YouTube receberá uma actualização que lhe permitirá adaptar-se ao tamanho que o utilizador escolher para ver um determinado vídeo. Isto significa que se o utilizador estiver a ver um vídeo no formato vertical, quadrado ou horizontal, o sistema de reprodução do YouTube irá adaptar-se, preenchendo o ecrã.

Durante a VidCon, a Google anunciou ainda que 1,5 mil milhões de pessoas registadas visitam o YouTube mensalmente. Em média, os utilizadores passam mais de uma hora por dia na plataforma de vídeo, através dos seus dispositivos móveis.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift