Vamos ter telemóveis a dançar na Super Bowl? Apple Music substitui Pepsi no intervalo

A Super Bowl é uma das ocasiões mais importantes nas agendas publicitárias a nível mundial. As marcas gastam milhões de dólares para garantirem slots de alguns segundos e a potencial atenção de também milhões de espectadores, que acompanham a final da liga de futebol americano (NFL).

Os valores variam consoante o momento em que o anúncio é exibido, bem como a duração do mesmo, mas nem todas as posições estão disponíveis. O papel de patrocinador do espectáculo que ocorre durante o intervalo, por exemplo, tem estado nas mãos da Pepsi na última década, não havendo espaço para outras marcas. Este ano, porém, a Pepsi afasta-se do “halftime show” e cede o lugar à Apple Music.

Segundo avança a CNN Business, trata-se de uma parceria de vários anos, sendo que os detalhes financeiros não foram revelados. Em comunicado, a NFL indica apenas que “não conseguiria pensar num parceiro mais apropriado”.

A Apple Music será responsável pelo espectáculo já na próxima edição da Super Bowl, marcada para 12 de Fevereiro de 2023. Ainda não são conhecidos os nomes dos artistas que irão actuar, mas a Apple Music promete revelar mais pormenores nas suas redes sociais ao longo dos próximos meses.




loading...
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...