Valorizar os projectos dos clientes

A estratégia é da Llorente & Cuenca que, em paralelo com as mudanças do mercado, alterou o seu posicionamento e estrutura. Hoje, apresenta-se como uma consultora e reforçou algumas práticas e especializações, como o consumer engagement

Texto de Rafael Paiva Reis com Mª João Vieira Pinto

A Llorente e Cuenca encerrou 2015 com receitas globais de honorários no valor de mais de 30 milhões de euros, o que representou um crescimento de 25% em relação ao ano anterior, 20% dos quais devido a crescimento orgânico. Isto, porque 2015 foi também um ano de ir às compras, nomeadamente em Espanha, Brasil e EUA (Miami). Para Jose Antonio Llorente, fundador da empresa, conseguiu-se «construir uma base», que permite dar um passo mais sólido este ano, no sentido da «consolidação da empresa no mercado».

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Abril de 2016 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Trabalhar apenas 5 horas por dia. Há empresas a testar o modelo com sucesso
Automonitor
Motul e Suzuki Ibérica assinam parceria