Universidades portuguesas unem-se contra cyberbullying

De acordo com a UNICEF, 70% dos jovens entre os 15 e os 24 anos já foi alvo de cyberbullying. Em Portugal, e em vários países europeus, este tipo de ataques online é crime mas nem sempre é possível encontrar e penalizar quem os comete. Dados como este levaram nove universidades portuguesas a juntarem-se no combate ao bullying online.

“Terms Against Bullying” é o mote da campanha que junta o ISCAL, Universidade Lusófona, Universidade de Évora, Universidade da Madeira, Universidade Autónoma de Lisboa, Universidade do Algarve, ISAL, Universidade Aberta e Queen Elizabeth’s School.

A ideia é impedir que os responsáveis por estes ataques estejam online. Como? Através dos termos e condições dos contratos que ninguém lê. As nove universidades que fazem parte desta campanha analisaram os contratos de 157 operadoras móveis de vários países da Europa e reuniram as informações sobre protecção em caso de agressão e crime num só site.

Na plataforma digital “Terms Against Bullying”, as vítimas podem consultar estes dados, perceber de que forma se podem proteger e denunciar anonimamente o número de telemóvel do agressor. O site procede, de seguida, ao envio para o órgão regulador do país da Europa a que corresponde o número, que fica responsável por contactar a operadora móvel e garantir que esta cumpre o que está no contrato.

«Encontramos, na arma do agressor, a sua maior fraqueza: todas as Telecoms do mundo contam nos Termos & Condições do contrato com uma cláusula anti-violência que assegura, por lei, a rescisão do contrato daquele que se utiliza do serviço para agredir», explica István Bracsok, CCO da White Rabbit Budapest, agência responsável pela campanha.

«Eu acredito que essa iniciativa com as universidades portuguesas vai fazer com que os alunos possam ter a segurança necessária que precisam para denunciar seu agressor e acabar de uma vez com esse problema», acrescenta ainda Levente Bálint, CEO da agência. O responsável sublinha ainda que a plataforma está disponível para todas as pessoas, estudantes ou não.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)