Um prato de batatas fritas vale quantos likes do coração?

Quantos likes vale a fotografia de uma pizza ou de um prato com batatas fritas e queijo? A resposta será, certamente, diferente, se considerrmos os seguidores numa rede social ou o coração de quem vai consumir esses alimentos. É este o cenário pintado pela agência Partners na mais recente campanha desenvolvida para a Fundação Portuguesa de Cardiologia.

“Nem tudo o que comes tem o like do coração” é o mote do projecto, criado com o Dia Mundial da Alimentação como pano de fundo. O objectivo é incentivar os portugueses a partilhar as suas escolhas saudáveis, em vez de encher o Instagram (ou outra plataforma semelhante) com opções pouco amigas da saúde.

#ComerComOsOlhosNãoChega é o hashtag que acompanha a campanha e as fotos partilhadas por quem aceitou o desafio. “A divulgação da importância de escolhas alimentares saudáveis para a saúde do coração assenta numa tendência muito actual e transversal a todas as idades: os foodies ou food influencers partilham muitas vezes, nas redes sociais, pratos de comida lindos de ver, nem sempre saudáveis de se comer”, explica a agência.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Produção de carros em outubro quase nos 15%