Turismo: o que diferencia o Alentejo e o Algarve

turismo_alentejo_Como se posicionam duas regiões contíguas e que estratégias têm em marcha para estimular a sua procura turística? Os presidentes das Entidades Regionais de Turismo do Alentejo e Algarve respondem.

É um sector de importância vital para a economia portuguesa. De acordo com o Plano Estratégico Nacional do Turismo definido pelo Ministério da Economia e da Inovação, as receitas da actividade turística deverão ultrapassar, em 2015, os 15 mil milhões de euros, mais do dobro do volume de receitas actual – o correspondente a qualquer coisa como 20 milhões de turistas. Nesse ano, calcula-se que o turismo represente já mais de 15% do PIB – em 2009 ficou-se pelos 10% – e 15% do emprego em Portugal.

Ainda segundo as previsões do plano governamental, as regiões com maior contribuição para esse crescimento deverão ser, em termos absolutos, Lisboa, Porto e Algarve, enquanto a maior contribuição relativa deverá ser registada pelo Alentejo, com crescimentos anuais na ordem dos 11%.

Um conjunto diverso de estratégias está naturalmente a ser desenhado pelas entidades competentes a nível regional, para corresponder a essas mesmas expectativas.

PARA LER O ARTIGO NA ÍNTEGRA CONSULTAR EDIÇÃO IMPRESSA Nº 174

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir