Turismo ainda não despertou para o mobile

smartphone-1_rsActualmente, 95% das pessoas que viajam utilizam ferramentas digitais ao longo do seu percurso. Contudo, as empresas do sector do turismo “têm acompanhado de forma muito lenta as oportunidades oferecidas pela tecnologia móvel”, conclui um estudo da consultora The Boston Consulting Group, elaborado em conjunto com o Facebook.

De acordo com o estudo, o cliente médio visita ou utiliza uma combinação de 19 sites e aplicações para o smartphone durante uma viagem e muitos utilizam ainda ferramentas web para partilhar a sua experiência durante a viagem. No entanto, a maioria das empresas do sector do turismo conseguiu migrar para aplicações móveis apenas 20% dos seus visitantes em computadores e “nenhuma aplicação do sector foi capaz de se diferenciar como o recurso indispensável em mais de 2% dos smartphones”, adianta o estudo.

“As empresas do sector do turismo precisam de redesenhar as aplicações com funcionalidades que os consumidores valorizam e que outras empresas não conseguem oferecer, e ainda garantir que a aplicação é de fácil instalação e interacção. Personalizar a experiência de cada consumidor é a grande oportunidade e o desafio das empresas do sector das viagens e do turismo”, sublinha a The Boston Consulting Group.

Ainda segundo a consultora, estas empresas devem aproveitar as informações geradas pelas aplicações sobre os seus utilizadores – como o tempo de utilização, a localização geográfica, o perfil de consumo, as preferências ou os amigos – para “personalizar mensagens e a própria experiência do cliente com a aplicação”.

 

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva