Toys ‘R’ Us ajuda a brincar há 20 anos

Loja Freeport_2A Toys ‘R’ Us está a comemorar 20 anos em Portugal e tem preparadas para celebrar este aniversário algumas acções. Uma dessas iniciativas é uma parceria com a Fundação do Gil, numa acção de responsabilidade social, e onde durante cerca de duas semanas (entre 23 de Maio e 5 de Junho), em todas as caixas das lojas Toys ‘R’ us estão disponíveis vales de contribuição (1€ e 3€) cujo valor reverterá totalmente a favor da Fundação do Gil. No final destas semanas, dia 17 de Junho, a Toys ‘R’ us vai organizar a Festa 20 Anos Toys ‘R’ Us. Nesta festa, que decorrerá, na loja da marca no Colombo (e vai contar com a presença da Presidente da Fundação do Gil, Margarida Pinto Correia) serão entregues brinquedos às 20 crianças residentes da Casa do Gil e será entregue o valor obtido pelos vales de contribuição à Fundação do Gil.

Os 20 anos Toys ‘R’ Us em Portugal estão a ser celebrados com uma campanha de 20% de desconto, num catálogo de produtos que está disponível desde 23 de Maio e até 5 de Junho. O aniversário conta também com uma campanha publicitária. De 23 a 31 de Maio, as rádios Comercial, M80 e RFM estão a passar spots publicitários de 20 e 15 segundos com a celebração dos 20 anos da marca em Portugal e referência às promoções de 20% em todas as lojas Toys ‘R’ us. O Canal Panda está a transmitir, até 31 de Maio, um spot publicitário sobre os 20 anos Toys ‘R’ us e os meios digitais estão a ser utilizados nomeadamente através de banners numa acção que vai decorrer até 3 de Junho.

Ao fim de 20 anos, a Toys ‘R’ Us conta com 9 lojas em Portugal (Colombo, Telheiras, Almada, Cascais, Freeport, Aveiro, Gaia, Braga e Matosinhos) e com entre 250 e 400 colaboradores (dependendo da altura do ano). Em 1993 abriram as duas primeiras lojas, em Telheiras e Gaia. No ano seguinte viria a abrir a loja de Cascais. Paulo Sousa Marques, director para Portugal da Toys ‘R’ us, faz um balanço dos 20 anos da marca no mercado nacional.

– Ao fim de 20 anos, quais as principais diferenças que existem no mercado de brinquedos?

A mudança mais sensível prende-se com a inclusão de dispositivos electrónicos numa grande quantidade de brinquedos. As bonecas de hoje, por exemplo, são mais interactivas para com as crianças do que há 20 anos.

– E os clientes, de que forma mudaram?

A natalidade em Portugal tem descido de forma vertiginosa e preocupante. E essa é a mudança mais assinalável.

– Ao longo destes anos foram nascendo novas marcas neste mercado. Como vêem a chegada destes players?

Têm nascido e têm também fechado. O mercado do brinquedo é muito difícil de gerir, daí que não haja um grande concorrente mundial da Toys.

– As grandes cadeias de hipermercados têm vindo, ao longo dos anos, a alargar o espaço dedicado a brinquedos, especialmente em épocas festivas. Como têm visto esta evolução?

Concorrência saudável. Ninguém nos tira o mérito de termos provocado uma verdadeira revolução no mercado do brinquedo em Portugal. É apenas normal que a concorrência nos tente acompanhar.

– E de que forma responde a Toys’R’Us às fortes iniciativas promocionais dos hipermercados (como os descontos em cartão ou em talão)?

Temos reagido da mesma forma, efectuando regularmente campanhas de desconto especiais.

– Quais os brinquedos que eram mais procurados há 20 anos e quais os que são mais procurados agora?

Os brinquedos actuais incorporam mais tecnologia que os de há 20 anos mas ainda assim, as grandes categorias como Bonecas, Carrinhos, Jogos de mesa, etc. continuam a ser as preferidas

– Até ao final do ano está prevista a abertura de novas lojas? Onde?

Estamos a negociar duas lojas. Uma nova e uma mudança de localização. Ainda não sabemos se conseguiremos ter sucesso nessas negociações.

– De que forma está a ser assinalado o aniversário da marca?

Vamos sobretudo celebrar com os nossos clientes porque são a verdadeira razão do nosso sucesso. Para eles desenhámos uma campanha de 20% de desconto em todos os brinquedos juntando a isso uma série de actividades em loja com Animações, Máscaras, etc. Mas não esquecemos os mais desfavorecidos e por isso estabelecemos um acordo com a Fundação do Gil para que as crianças mais carenciadas também possam ser parte desta festa.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva