Toyota chama 885 mil veículos à revisão

Toyota_redimensionadaA fabricante automóvel Toyota está a fazer a recolha de 885 mil veículos à escala mundial, após ter detectado um problema que pode conduzir a uma fuga de água no ar condicionado.

De acordo com a marca, uma eventual fuga de água poderia chegar ao módulo de airbag, provocando um curto-circuito e activando uma luz de aviso. Nalguns casos, o airbag “poderia deixar de ficar operacional ou então ser inadvertidamente activado”, explicou a Toyota, citada pela BBC.

Os modelos em causa são o Camry, Camry Hybrid, Avalon, Avalon Hybrid e Venza fabricados entre 2012 e 2013. Do total de veículos chamados à revisão, 847 mil foram comercializados nos Estados Unidos da América (EUA), enquanto os restantes estão distribuídos entre a Europa, Ásia e Médio Oriente.

De acordo com um porta-voz da fabricante japonesa, citado pela BBC, até ao momento foram registados apenas dois “pequenos incidentes” derivados deste problema, mas nenhum envolveu a colisão entre automóveis.

Esta é a terceira vez que a Toyota é obrigada a chamar à oficina automóveis da marca, em poucas semanas. No mês passado, a marca nipónica recolheu mais de 780 mil veículos nos EUA devido a um defeito na suspensão dos modelos RAV4 e Lexus HS 250h. Já em Setembro, cerca de 615 mil modelos Sienna foram alvo de revisão devido a um problema na manete de mudanças.

Segundo a BBC, nos últimos dois anos, o número de veículos chamados à revisão pela Toyota ascende já a 20 milhões de unidades, embora nenhum dos problemas identificados tenha sido ligado a acidentes graves.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo