TONING SHOES ACELERAM O MERCADO

nova-imagem-3As preocupações com a saúde e beleza têm marcado a evolução de negócios nos mais diversos sectores. Assim está a ser, também, com o calçado! Reebok, Skechers, FitFlop e MBT são apenas algumas marcas que já lançaram toning shoes… nem mais que sapatos que ajudam a tonificar, além de promoverem uma melhor postura e diminuírem dores musculares (segundo as marcas). Uma categoria que há um ano não existia e que é apenas a que mais cresce actualmente.

 

Alain Raoul, marketing manager da Reebok Portugal, Nuno Sousa, sales representative para Portugal da Skechers, Sérgio Pinto, responsável de vendas da FitFlop Portugal, e Teresa Féria, responsável de comunicação e RP da MBT Portugal, chegaram calçados a preceito. Cada um, com a sua marca nos pés. O desafio passou depois por um passeio em GoCar, com saída da Baixa e viagem até Belém. Uma hora e meia em que, mais uma vez, os principais responsáveis de algumas marcas que estão a apostar no lançamento de toning shoes puderam constatar a cada vez maior adesão dos portugueses ao desporto. Na zona de Belém, a qualquer hora, são centenas os praticantes de caminhada ou corrida. Uma prova de que há de facto espaço para a nova categoria que está a fazer crescer o mercado. De resto, um relatório norte-americano estima que o mercado dos toning shoes possa valer 1,5 biliões de dólares, valor que deverá triplicar nos próximos três a quatro anos. Leia a conversa que se seguiu, ao ritmo de um lanche no bar Entretanto, do Hotel do Chiado.

 

O lançamento de toning shoes implicou, de facto, uma preocupação por parte das marcas no sentido de promover o bem-estar e um estilo de vida saudável?

Alain Raoul, Reebok Foi, sobretudo, no sentido de promover o bem-estar. Com estes modelos trazemos benefícios às utilizadoras. Apesar de hoje termos propostas para homens, o conceito inicial foi lançado para mulheres. A comunicação que utilizamos assenta muito na estética para apelar ao consumidor.

Mas há marcas cujo conceito inicial era a funcionalidade e outras que são de desporto e que agora entram na categoria!

 

Sérgio Pinto, FitFlop Portugal A FitFlop está mais na área da moda e da estética, ligando ainda a preocupações com a saúde. Temos artigos que podem ser utilizados durante o dia, bem como para uma saída à noite. Os nossos artigos na área do desporto representam 20-30%, pelo que apostamos mais na sapataria e na gama média-alta.

 

Teresa Féria, MBT Portugal A MBT foi pioneira no calçado fisiológico. A marca já nasceu em 1996 e começou com um conceito inovador e com uma patente inédita a nível mundial que visava a activação muscular inspirada no “Sensor Masai”, zona suave que se encontra directamente debaixo do calcanhar e simula um terreno irregular, criando uma instabilidade natural.

A nossa grande preocupação foi comunicar saúde e ter modelos que vão de uma gama mais casual a uma proposta de ginásio.

 

Nuno Sousa, Skechers A Skechers lançou o primeiro shape-up em 2009, já que não podíamos ficar indiferentes a esta oportunidade. Os conceitos de beleza e de saúde são de alguma forma indissociáveis. Não conseguimos criar uma fronteira muito clara entre os benefícios fisiológicos e a questão estética. Além de que o nosso target é maioritariamente feminino. Não que a nossa comunicação seja tão dirigida para o segmento masculino, como outras marcas, mas a procura é mais expressiva por parte do público feminino.

 

O que também acreditamos é que depois das mulheres comprarem, e com o poder de prescrição que têm, poderão vir também os maridos, filhos, amigos…

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal