Tiger Woods está de volta

tiger-woodsTiger Woods, 34 anos, vai voltar ao golfe, depois de em Novembro ter rebentado o escândalo sexual em que o atleta se envolveu e que levou a que marcas como a AT&T e a Accenture tivessem cancelado os seus acordos de patrocínio e que a Gillette, a Tag Heuer e a General Motors se tivessem distanciado do golfista. O jogador regressará aos relvados no Masters de Augusta, que decorre entre 9 e 12 de Abril nos EUA. “O Masters foi onde ganhei o meu primeiro torneio Major [em 1997]. Após algum tempo de pausa, necessária, sinto que estou pronto para iniciar a época em Augusta”, revelou Woods, em comunicado divulgado no seu site.

A Nike, a Gillette e a EA Sports já manifestaram o seu apoio ao plano de regressar às competições de Tiger Woods. A EA Sports lançou um vídeo com o tema do atleta. As restantes marcas não deram indicação se vão voltar a ter o jogador como cara das suas mensagens de marketing.

Segundo a Bloomberg a decisão de Tiger Woods suspender a sua participação em competições poderia ter um impacto de cerca de 151 milhões de euros nas receitas das cadeias de televisão e dos patrocinadores. Segundo a mesma fonte, o número de espectadores dos torneios de golfe poderia cair 20 por cento, as audiências de televisão ficariam pela metade e só a Nike poderia ter uma quebra nas vendas de 20,6 milhões de euros.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Uma causa global debatida em três países em simultâneo
Automonitor
Torres Vedras já tem autocarro 100% elétrico