Tem vergonha de não reciclar? Está a tempo de mudar

O sentimento de vergonha sentido por quem não reciclava mas que, entretanto, adoptou novos hábitos está na base da mais recente campanha da Lipor. O serviço intermunicipalizado de gestão de resíduos do Grande Porto espera sensibilizar os consumidores para a reciclagem, lembrando que se está sempre a tempo de mudar.

“Recicla-te” é o mote da campanha, assinada pela agência de publicidade Opal. Interactividade e ironia foram os recursos escolhidos para passar a mensagem, que será veiculada na imprensa local e nacional através de capas falsas, publi-reportagens e anúncios de página inteira. Marcará presença também em rádio locais, Metro do Porto, televisão, plataformas online e rede display. Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde são os municípios abrangidos pela actividade da Lipor e que, por isso, a empresa espera impactar.

“A proposta da Opal para a campanha promove sobretudo a colaboração dos cidadãos no processo de reciclagem e assenta no pressuposto de que é imperativo mudar a tónica das mensagens”, explica a agência. Segundo a Opal, a forma habitual de comunicar “só se tem revelado eficaz junto de públicos que já estão naturalmente sensibilizados para as temáticas ambientais”. Os restantes, adianta a agência, têm que ser mobilizados através de um contacto mais personalizado.

Nesse sentido, a campanha envolve ainda outras duas acções. Por um lado, o rastreio público que pretende ajudar as pessoas a descobrir se têm um problema – à semelhança do que acontece com os rastreios clínicos. Neste caso, os participantes terão de responder a perguntas sobre reciclagem e tratamento de resíduos.

Por outro, a linha “Recicla um Amigo”, que incentiva o público a motivar um amigo, familiar ou colega que ainda não separa os resíduos. Os visados receberão uma chamada com  uma gravação de incentivo, explica a Opal.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Seis hábitos que podem prejudicar a sua carreira e a sua reputação
Automonitor
Túnel do Marquês cortado no sentido Cascais-Lisboa devido a acidente